Postagens

"ANSIEDADE: CONTRA NATURA À FÉ!"

Imagem
ANSIEDADE: uma doença do mundo!
A proposta de Jesus é tão radical que Ele chega a dizer que, embora humanos, deveríamos confiar no amor do Pai como fazem os pardais.
Eu? Como um pardal? Jamais! — pensa você.
Jesus, no entanto, diz:
“Vós valeis mais que pardais!”
A lógica Dele, todavia, é simples:
“Se vocês valem mais que pardais; e se Deus cuida de pardais; por que vocês não podem crer que Ele também cuidará de vocês?”
O pardal não precisa ter fé, pois, instintivamente, ele é pura fé.
A natureza da Natureza é fé!
Sim! Pois a Natureza segue sempre o fluxo da vida!
Um leão não quer dominar o mundo, mas, no máximo, deseja, pelo instinto, ser o macho alfa de seu grupo.
Alguém já ouviu falar de um leão que tenha partido numa cruzada para dominar a África?
O pardal tem fé no fluxo da vida. Ele sabe instintivamente que haverá graça natural para todos!
Nós valemos mais que pardais, mas decidimos nos tratar como toupeiras ansiosas e perversas; não acreditando jamais na abundancia do sustento, se apenas tom…

"ESPÍRITO DO MOVIMENTO E O MOVIMENTO DO ESPÍRITO"

Imagem
As culturas, em analogia, como os organismos vivos, percorrem um ciclo predestinado de juventude, florescimento, maturidade e decadência. Na história dos movimentos  chamados evangélicos e nas suas vertentes chamadas de avivalistas,também, em analogia, como nos organismos vivos, tais ciclos já foram experimentados em Séculos passados, principalmente na Europa do Norte e nos Estados Unidos da América. Olhando para esse mesmo fenômeno nos dias atuais, penso que: a sabedoria nesses dias de um  considerável crescimento evangélico, não está em  se prender ao “espírito do movimento” que  se faz sentir  com seus  inumeráveis modêlos e propostas ditas evangélicas, principalmente nos países chamados de  Terceiro Mundo. Urge sim  se prender muito mais ao “Espírito em Movimento” no genuíno Evangelho, pois, Deus, usando os  ciclos da história,  tem nos ensinado que movimentos, eventos e outros fenômenos, configuram-se de ciclos, como os dos organismos vivos  que obedecem aos tempo da  juventude,fl…

“JESUS, REENCONTRO E RECONSTRUÇÃO!”

Imagem
“JESUS: REENCONTRO E RECONSTRUÇÃO!”
João 21: 1 Depois disto manifestou-se Jesus outra vez aos discípulos junto do mar de Tiberíades; e manifestou-se assim: 2 Estavam juntos Simão Pedro, e Tomé, chamado Dídimo, e Natanael, que era de Caná da Galiléia, os filhos de Zebedeu, e outros dois dos seus discípulos. 3 Disse-lhes Simão Pedro: Vou pescar. Dizem-lhe eles: Também nós vamos contigo. Foram, e subiram logo para o barco, e naquela noite nada apanharam.4 E, sendo já manhã, Jesus se apresentou na praia, mas os discípulos não conheceram que era Jesus.5 Disse-lhes, pois, Jesus: Filhos, tendes alguma coisa de comer? Responderam-lhe: Não.6 E ele lhes disse: Lançai a rede para o lado direito do barco, e achareis. Lançaram-na, pois, e já não a podiam tirar, pela multidão dos peixes.
“Construção”. Algo que tem seu custo. Requer propósito, plano, tempo, determinação, projeto, ação, etc. Por vezes o custo é alto!
No coração e expectativa dos discípulos de Jesus, desde a primeira chamada até o moment…

"O OLHAR QUE TUDO MUDA!"

Imagem
...então foram abertos os olhos de ambos... Genesis 3:7
E se chegar o dia em que a humanidade venha a saber que o Universo só existe no olhar, e que todo olhar altera o que existe?

Hoje imaginamos que o mundo que está com sérios problemas objetivos é a coisa mais real que existe. Assim, os problemas são econômicos, políticos, ambientais e sociais. O mais... — pensa-se: decorre dessas realidades perversas.

Um dia, todavia, por todas as vias, saberemos que o olhar é de fato a luz do ser; e que o ser consciente de si [e que, portanto, possui olhar], ao ver, já o faz a partir dos pressupostos pré-existente no olhar. Assim, a vida é trevas ou luz, dependendo do olhar.

Entretanto, como os olhares são em geral feitos de trevas [fruto amargo do ódio, da indiferença, do egoísmo, da soberba, da vaidade ou do desespero] — então a soma dos maus olhares cria a realidade prevalente aos sentidos.

Portanto...

E se um dia descobrirmos que esse mundo exterior é apenas um plasma infindo em suas assimil…

"FETICHE DO NADA!"

Imagem
Se o Nada Criou o Tudo, quão vaidoso o É! ... Assim o fez, só para ter no Tudo Criado, seu Infinito teatro de Sua própria e  espantosa observação! BONANI

"EXORCIZANDO MEU FETICHE POR PÚLPITOS"

Imagem
Ora, Jesus não disse:

“Eis que vos darei púlpitos e platéias, e, assim, com emprego ou oportunidade atrás do santo púlpito, vós vos realizareis pregando o evangelho, e, havendo chance, batizando os novos prosélitos e fazendo seus casamentos e enterros”.
Quem tem o que pregar — não quem aprendeu a falar de Jesus na frente dos crentes —, prega; e prega sempre; e prega mesmo quando nada diz; e, nunca consegue não pregar, posto que a Palavra o inunde e nele transborde.
De tal modo que a pessoa não tem o seu conflito enquanto existir gente andando na rua, na praça, no bar, na praia, no trabalho, no ônibus, no táxi, na festa, e, creia: até no ambiente físico da “igreja-templo”.
O problema é que vocação evangélica fala de ir pregar na China, desde que lá haja um púlpito.
Parece até que o que se diz é:
“No Princípio era o Púlpito, e o Púlpito estava com Deus, e o Púlpito era o único lugar de onde se poderia pronunciar a Palavra de Deus!”
Nunca entendi essa necessidade de receber esse suposto…

"SEGUIR A CRISTO E SUAS IMPLICAÇÕES!"

Imagem
EM QUEM CONFIAR? E, pondo-se a caminho, correu para ele um homem, o qual se ajoelhou diante dele, e lhe perguntou: Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna?
E Jesus lhe disse: Por que me chamas bom? Ninguém há bom senão um, que é Deus.
Tu sabes os mandamentos: Não adulterarás; não matarás; não furtarás; não dirás falso testemunho; não defraudarás alguém; honra a teu pai e a tua mãe.
Ele, porém, respondendo, lhe disse: Mestre, tudo isso guardei desde a minha mocidade.
E Jesus, olhando para ele, o amou e lhe disse: Falta-te uma coisa: vai, vende tudo quanto tens, e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, toma a cruz, e segue-me.
Mas ele, pesaroso desta palavra, retirou-se triste; porque possuía muitas propriedades.
Então Jesus, olhando em redor, disse aos seus discípulos: Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas!
E os discípulos se admiraram destas suas palavras; mas Jesus, tornando a falar, disse-lhes: Filhos, quão difícil é, para os que confiam nas ri…