Postagens

"JESUS SEM TEOLOGIA. TEOLOGIA SEM JESUS"!

Imagem
"A SIMPLICIDADE PROFUNDA E ESMAGADORA DE JESUS!"

A cada dia mais me impressiona a simplicidade de Jesus em relação a tudo.

Ele negou-se a tratar de quase tudo o que a filosofia e a teologia tratam com avidez.

A origem do mal Ele simplesmente desprezou em qualquer que seja a explicação “metafísica”. Simplesmente disse que o mal existe. E o tratou com realidade óbvia.

O problema da dor foi por Ele tratado com as mãos, não com palavras e discursos.

As desigualdades sociais foram todas reconhecidas, mas não se o vê armando qualquer ação popular contra elas.

Seus protestos eram todos ligados à perversão do coração, mas nunca se tornavam projeto político, ou passeatas, ou bandeiras.

A “queda” não é objeto de nenhuma especulação da parte Dele. Bastava a todos ver as conseqüências dela.

Sobre a morte sua resposta foi a paz e a vida eterna.

Jamais tentou justificar o Pai de nada. Apenas disse que Ele é bom e justo.

Mandou lutar contra os poderes da hipocrisia e do desamor, mas não d…

"DEUS; A MELHOR MASCARA DO DIABO!"

Imagem
O DIABO ADORA FALAR EM DEUS!
“Deus” como tema é o diabo da História!
Sim! Porque em nome do diabo nunca se guerreou, nem se tomou reinos, ou tribos ou qualquer coisa. Porém, seja pela via da ação pagã mais primitiva, ou mediante a ação cristã mais que pagã, a História testemunha que todas as calamidades não naturais, tiveram no tema “Deus” suas justificativas ou seus álibis de morte, domínio, homicídio, inquisição, tortura, chacina, espoliação de bens, terras e recursos; assim como a destruição das culturas encontradas, as quais foram e são substituídas pela cultura do “Deus tema”, a qual mata mais que qualquer outra força histórica.
Desse modo, pelas evidencias da História, não há como não dizer [concordando com Baudelaire] que “se há um ‘deus’ é o diabo”.
Esse “Deus” dos temas da morte nada tem a ver com Jesus. Pode ser “cristão”, pode ser o pai do “Cristianismo”, pode ser o Deus dos “iluminados ocidentais” que construíram o presente mundo em chamas — todavia, mesmo assim, ou, just…

"GUERRA E PAZ. OS BOBOS DA CORTE E A INDUSTRIA DE HAMBURGUERS E HOT DOGS HUMANOS"

Imagem
Hoje se comemora O Dia do Armistício.
É uma comemoração do fim simbólico da Primeira Guerra Mundial em 11 de novembro de 1918. A data comemora o Armistício de Compiègne, assinado entre os Aliados e o Império Alemão em Compiègne, na França, pelo fim das hostilidades na Frente Ocidental, o qual teve efeito às 11 horas da manhã — a "undécima hora do undécimo dia do undécimo mês". Apesar de esta data oficial ter marcado o fim da guerra, refletindo no cessar-fogo na Frente Ocidental, as hostilidades continuaram em outras regiões, especialmente por entre o Império Russo e partes do antigo Império Otomano.
O que penso de tudo isso?
Respondo:
"Para mim, a realidade é a guerra, o resto são aparentes e ilusórios  acordos assinados."
Enquanto uma emissora de televisão transmitia as comemorações do Dia do Armistício em França, outra apresentava um jornalista de uma emissora americana comentando sobre a indústria das armas.
Esse é o paradoxo. Guerra e paz!
Assista abaixo uma p…

Teologia. Ontologia. Holística e Aquele que É!

Imagem
Deus existe ou não existe?
Será que esse tema preocupa Deus em detrimento da doutrina que se faz acerca da sua existência?
Imaginemos que em uma situação catastrófica, todas as Bíblias fossem eliminadas do planeta. Deus deixaria de existir? Seus projetos se frustariam? Ou mesmo: Ele está tão preso a sua Bíblia que deixaria, por estar limitado aos escritos de existir? Ou ainda: sendo ele Deus, permitiria que tal situação acontecesse com os escritos sagrados?
Vejamos:
As teologias cristãs, entre elas,principalmente a sistemática e a dogmática, preocupam-se em abordar a existência de Deus à partir de textos  bíblicos que são pincelados, extraidos, ordenados e sistematizados de um lado e de outro e depois exegéticamente e hermenêuticamente analisados ao crivo da concordância bíblica, corroborados pela inerrância biblica, blindados pela única exclusiva e a absoluta leitura biblica historica da igreja, dos dogmas e sobre tudo corroborados pela chancela do canonica bíblica que é fruto  da c…

"Embaixada. A Cidade. O Templo. Meu Bilhete Garantido Para A Nova Jerusalém!"

Imagem
"Para se Ler Atentamente antes de me Julgar Herege!"

"Honestamente eu não entendo esse raciocínio de uma expressiva parcela de evangélicos brasileiros  que vivem publicando que apoiam a transferência da embaixada do Brasil em Telavive para Jerusalém.
No espírito do Jesus contemporizado, ou seja, imaginem que historicamente ele estivesse atuando hoje; nós o veríamos realizando sua maior parte ministerial fora de Jerusalém. Seu batismo foi fora de Jerusalém. A composição dos apóstolos se formou fora de Jerusalém. A declaração da fundação de sua Igreja foi fora de Jerusalém. Quando ele chorou olhando de uma considerável distância, no cimo de um monte e declarou juízo sobre Jerusalém, foi fora da cidade. Ele mesmo vaticinou a destruição do maior símbolo de culto em Jerusalém que era o templo, dizendo que não ficaria pedra sobre pedra que não fosse derribada. Mesmo quando os discípulos, após sua ressurreição, tentaram criar uma embaixada evangélica na cidade, foram empurrad…

"Meu Discurso Para Esses Tempos!"

Imagem
"Meu Discurso Para Esses Tempos!"
Nesses tempos desnaturadamente aberrantes, traidor  das ordens, do princípios das evidências naturais, das  origens em prol de ideologias absolutamente egocêntricas, vaidosas, sem afetos  e blasfemas contra o céu e contra a terra.
Nesses tempos que os pais traem os filhos e os filhos traem os pais em diversas esferas do sacramentado estado de harmonia familiar.
Nesses tempos tão paradoxais, imediatistas e  performáticos onde a plástica tem absoluto valor e a essência parece que foi trocada pela robotica onde  tambem se expressa uma pseudo espiritualidade que nada mais nada menos é do que sugestão  psicotecnológica.
Nesses tempos, concluo que o melhor discurso que posso pregar e apregoar é baseado em quatro pilares:
1- Paciência
2- Silêncio
3- Esperança
4- Muito amor!

Bonani