ACERCA DOS DONS ESPIRITUAIS E SUAS FUNCIONALIDADES NO CORPO


 

3-Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um.4-Porque assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma operação,5-Assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros.6-De modo que, tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada, se é profecia, seja ela segundo a medida da fé;7-Se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino;8-Ou o que exorta, use esse dom em exortar; o que reparte, faça-o com liberalidade; o que preside, com cuidado; o que exercita misericórdia, com alegria. - Romanos 12:3-8

Assunto controverso e muitas vezes mal interpretado, produzindo muitos erros, males e distorções em relação à proposta do Evangelho acerca do Corpo de Cristo,(Igreja)!

Sobre os dons espirituais e o respectivo exercício de cada um, torna-se  necessário uma clarificação  sóbria, inteligente e contundente, sem rodeios, afim de que, o genuíno  Evangelho de Cristo possa manifestar o pleno exercício dos mesmos!

Os dons  espirituais  são  dádivas liberadas para um fim específico que é a edificação da Igreja de Cristo!

Essa  porção  de  Romanos cap. 12, da carta de Paulo, base de nossa meditação, nos revela como deve ser a gestão dos dons espirituais na vida da Igreja!

Em nossa exposição, não desenvolveremos a questão de como funciona cada  dom, mas sim, vamos analisar suas funcionalidades como elementos indispensáveis para o Corpo de Cristo!  

Como compreender os parâmetros usuais de cada dom?

Vejamos o que nos revela a Carta aos Romanos…:

DONS É UMA QUESTÃO QUE OPERA EM  FUNÇÃO  DO  COLETIVO  ATRAVÉS  DO  INDIVIDUAL!  - … Porque pela graça que me é dada, digo “a cada um dentre vós que não pense de si mesmo” além do que convém…vs 3ª

Assim está registrado esse texto da Edição da Difusora Bíblica: ...Assim em virtude da graça que me foi dada, digo “a todos e a cada um de vós”…

Nessa questão Paulo ensina e admoesta a Igreja de que não há exercício individual, vaidoso, e ensimesmado dos dons. “Não pensar de si mesmo”  antes sim, oferecer o dom como benefício da coletividade,(Igreja).

“O coletivo necessita do dom e o dom  é  dado  para o colectivo!”

Não há aqui nenhuma proposta do exercício particular em benefício próprio!

OS  DONS OPERAM  E  SÃO DISRTIBUIDOS  EM CONFORMIDADE COM A FÉ MANIFESTA PELA GRAÇA QUE CADA UM POSSUI-  conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um… vs 3b

… De modo que, tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada,…vs 5

Dons não são benefícios especiais de algumas pessoas prediletas ou especiais, mas sim;… um favor imerecido do amor de Deus em função do “Corpo de Cristo!”

É segundo o critério da Graça e não do mérito humano. Nessa questão cai por terra toda ostentação!

Há de se reconhecer tal dádiva individual como satisfação, não individual, mas coletiva,(corpo)!

OS DONS  SÃO ESSENCIALMENTE EM FUNÇÃO DO CORPO (ORGANISMO) E NÃO DE UM SISTEMA (ORGANIZAÇÃO)! Vs 4-5 - …4-Porque assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma operação,-Assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros.(…) vs 4-5

É clarificadora essa declaração acima ,visto que Paulo não tinha em mente nenhuma estrutura organizacional como fundamento de seu raciocínio! 

Para os critérios humanos e legais somos uma associação que possui associados( como um clube),entretanto; …para Cristo Jesus somos membros de seu Corpo. A primeira declaração é organizacional a segunda proposição é orgânica!

Os dons são outorgados para expressão orgânica,(Corpo/Igreja).

Quando a organização tem papel mais relevante, então, é necessário um reflexão profunda e um retorno urgente aos princípios do Evangelho!                                                                                     

OS DONS SÃO OUTORGADOS PARA QUE SIRVAM NAS RESPECTIVAS FUNCIONALIDADES!  De modo que, tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada, se é profecia, seja ela segundo a medida da fé;-Se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino;-Ou o que exorta, use esse dom em exortar; o que reparte, faça-o com liberalidade; o que preside, com cuidado; o que exercita misericórdia, com alegria. Vs 6-8

A própria redundância (pleonasmo) feita por Paulo é esclarecedora!...Se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino;…

Da ideia  de que não pode haver interferências ou invasões, ou mesmo, confusões ou apropriações indevidas dos dons. Também não são determinados nem influenciados por forças externas, mas sim; são dadivas  do  Espírito Santo nas suas devidas funções no Corpo!

BONANI

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

“ATITUDES INDISPENSÁVEIS EM RELAÇÃO AO GENUÍNO EVANGELHO!” (1a parte)

RELIGIÕES DO LIVRO E A INCOERÊNCIA DA LITERALIDADE!"