UM NOVO TEMPO - (Chamados, Abençoados, Frutíferos... Isaias 51:2 )



Olhai para Abraão, vosso pai, e para Sara, que vos deu à luz; porque era ele único, quando eu o chamei, o abençoei e o multipliquei. Isaias 51:2

"Chamada"! Na esfera do coração de Deus para com seu povo é um arauto,um clamor de urgência,uma tomada de posição, um alerta de preparação!
De tempos em tempos podemos observar nas Escrituras a necessidade divina de convocar o seu povo, alertá-lo para um novo tempo, um novo momento de ação, uma nova dimensão de conquista, uma nova dispensação de seus propósitos!
Os dias de hoje não são diferentes e não menos urgentes do que os demais no passado,aliás; vendo que se aproxima o grande dia da volta triunfante de Cristo, torna-se crucial que sua Igreja, quer seja no aspecto coletivo ou singular, tenha os ouvidos bem afinados para a convocação do Espírito para essa nova era! ...Aquele que tem ouvidos ouça(...) .Apocalipse.
É deveras importante que desenvolvamos capacidade de discernimento e análise das “chamadas” de Deus para sua igreja hoje, na dimensão de um “novo tempo!
As Escrituras vêem o tempo como um “dom”. Uma “oportunidade” a ser usada sob a direção do Espírito Santo.
Os gregos antigos tinham três palavras como definição de tempo: Aion, Khronos e Kairos.
Entendemos que a soma,dimensão e a boa administração desses tempos devidamente compreendidos e definidos , tornam-se “o tempo de Deus!”
Na visão moderna tempo é como um produto que pode ser eficaz ou ineficaz. É usado, disputado, administrado, economizado, perdido ou até convertido em dinheiro. No entanto, “tempo de Deus”, deve ser aguardado por nós sem ansiedade, pois a seu tempo o Senhor realizará todo o seu propósito em nossas vidas. Nossa vida é limitada e permeada pelo tempo, mas sempre nos depararemos com uma “chamada de Deus para um "novo tempo”. O tempo “Kronos”, aquele que nos mais martiriza, nos obriga a ser objetivos, rápidos e muitas vezes até impacientes pois o relógio não para.
Num contexto tão desafiador como os dos “nossos dias” é necessário viver um “novo tempo” de posições, esperança e resultados!
Vivemos dias em que o Espírito nos propõem uma “chamada divina para algo novo", que apresenta-se muitas vezes na proposição de ropturas com certas estruturas(paradigmas) que vão se cristalizando. ...Digo “estruturas” e não “princípios”!
Mesmo que a chamada nos desafie a rever e até remover antigas estruturas, o módus operandi de Deus em seus princípios não se alteram, pois; (...)são justos, santos, retos e eternos! Oséas 9:6.
Enquanto escrevo esta introdução(...);em Copenhag(Dinamarca) está acontecendo a “Cimeira sobre o Clima”.A maioria das autoridades das maiores nações estão presentes no afã de solucionar e minimizar os efeitos globais que estão previstos para a humanidade. Nosso tempo reclama mudanças dos atuais modêlos de emissão de gazes e outros elementos nocivos à atmosfera e todo ecossistema,como o melhor uso de mecânismos que estão ativos principalmente nos países mais industrializados. Também está em discussão a mudança dos hábitos de relação do homem para com o meio-ambiente em que vive.
Ainda enquanto escrevo...
Tramita na Assembléia da República portuguesa a Lei que define e estrurura o casamento de pessoas do mesmo sexo!
Mais uma informação...
Um tremor de 6 graus na escala de Richter fez-se sentir em Portugal de Norte a Sul e tal só foi sentido nessa intensidade 40 anos atrás!...
Para nós bastaria somente essas informações acima que já configurariam desafios que reclamam uma “chamada de posição para um novo tempo!”
Creio que o mundo está assistindo como nunca antes um novo tempo de grandes e catastróficas mudanças,porém,...:
...A Igreja de Cristo está sendo “chamada para um novo tempo de conquistas! Para “gente” do mundo um tempo pessimísta. Para “gente” de Deus um tempo otimísta!
Nessa chamada, o Senhor não só nos qualifica como “sua gente” mas também nos chama como “seu agentes!”
O tema proposto é de singular importância, principalmente no momento em que vivemos,no apagar das luzes da primeira década no século XXI já neste ano de 2010. Estamos justamente entre ambas décadas,no centro, no meio, na linha divisória! O que virá pela frente?
Se pararmos um pouco para refletirmos? ...
...veremos que os dias que já se foram correram assombrosamente. O que então nos espera os vindouros?

Se crermos como Abraão...; garantias de tempos de conquista!



...olhemos para Abrãao e confiemos no Deus que o chamou!

Bonani

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

"A Igreja Fábrica de Gente e Suas Peças de Produção"

“ATITUDES INDISPENSÁVEIS EM RELAÇÃO AO GENUÍNO EVANGELHO!” (1a parte)