FENOMENOLOGIA DA MENTIRA - (Sete Fenômenos que a Mentira Gera)- I Sam 31 e II Sam 1


Curiosamente, alguns dias atrás, deparei-me com uma um artigo que desenvolvia “determinado” assunto sobre uma “determinada sindrome” que potencialmente é detectada no caso de alguns “mentirosos compulsivos”! O tal comentário assim esboçava:
Síndrome de Münchhausen é o  hábito arraigado de mentir fantasticamente que  pode refletir um Transtorno da Personalidade que alguns autores chamam de “pseudologia fantástica”, que seria caracterizado por uma compulsão a fantasiar uma vida fictícia para causar grande mobilização e perplexidade em outras pessoas... 
 Outros autores denominam de Síndrome de Münchhausen.

Nesta síndrome a pessoa não suporta a idéia dela ser comum, normal, trivial... Não. Ela tem que ser super especial, tem que ter peculiaridades completamente excepcionais e fantásticas. Essa inclinação impulsiva para a mentira reflete uma grande vontade em ser admirado, de ser digno de amor e consideração pelos demais, conseqüentemente reflete uma grande insatisfação com a real e medíocre condição existencial.

Pelas curiosidades em torno desse tema,conectei-o com um episódio que está narrado em I Samuel cap.31 e II Samuel cap. 1. (pela extensão dos textos eles deverão ser lidos pelo internauta) ...Mas leia mesmo pois é enriquecedor para aludirmos o tema!

Sendo assim; conclui ser importante estudarmos um pouco a mentira em si, como fenômeno desencadeado em vários episódios. Antes porém; Convém entendermos que o contexto dos capítulos sugeridos como base de nossa reflexão, revelam um jovem, Amalequita, mentindo para Davi sobre a morte do Rei Saul.

Se olharmos as circunstâncias que levaram àquele mancebo a construir todo aquele teatro de mentiras, observaremos, pelo menos; “sete fenomenos produzidos pela mentira!” Ei-los:


A mentira Constitui-se no Falseamento da Verdade

Ética e moralmente a mentira é um fenômeno que está muito mais relacionada à intenção de enganar!

Nesse caso dos textos em apreço; O Emissário sabe conscientemente dessa falsidade e o faz com objetivo de enganar o rei Davi e nesse caso, levá-lo à crer naquilo que é dito, dando a entender que diz a verdade.

O mentiroso compulsivo é um farsante em potencial.

Sim!...

É capaz de montar toda uma farsa tão bem elaborada que qualquer pessoa que, não conhecendo as realidades dos fatos, cai direitinho no conto manhoso do mentiroso!

É o caso desse mancebo que é revelado no texto. Ele usou de um “pretexto no contexto” para escrever com a mentira o seu “próprio texto!”

Porém. A narrativa da morte de Saul nos revela outra faceta; outro fenômeno que é construído pela mentira. Vejamos:


A mentira é Uma Oposição à Veracidade

Deliberadamente opõem-se a verdade, como fez esse homem!

O fenômeno da mentira é capaz de: alterar a cena dos acontecimentos; mudar as palavras que compunham o diálogo original; criar um outro contexto totalmente diferente do verdadeiro em causa;adulterar os fatos verdadeiros em diálogos opostos à veracidade nem que para isso a totalidade dos acontecimentos passe por uma transformação. É por isso que é um fenômeno!

Na dimensionalidade, esferas e realidades da vida espíritual é aliar-se com o Diabo- que é o pai da mentira! João 8:44.

Mais!...

Outro fenômeno exibido pela mentira:


A Mentira Possui Seus Mecanismos de Conveniência

Todo mentiroso compulsivo, de certa forma possui, ainda que para o mal, um fenomenal “jogo de cintura”… Convém que para ele assim seja: Esconder-se na mentira!

Uma das razões interiores mais comuns para mentir é a insegurança ou baixa auto-estima.

O rapaz era Amalequita e sabia que Davi havia matado, ou vencido os Amalequitas em uma de suas guerras. Possuído de insegurança e mêdo, revelando também uma baixa auto – estima travestida de covardia; usa do episódio da morte de Saúl para construir um terreno conveniente, que de certa forma o ilibaria da ira de Davi. Sendo assim, sendo ele o autor da morte do rei Saúl, usa daquele contexto, monta seu esquema de mentira, desenvolve um raciocínio do qual  Davi concordaria, ou seja, seria conveniente com sua atitude, pois Saul era seu pior inimigo, e agora; morto pela mão de um amalequita... que também era inimigo de Davi...!
 Pensando assim, aquele jovem estaria livrando o seu “couro!”Vemos aqui uma pessoa de baixa- auto-estima – (doente na alma).  Todo mentiroso na verdade é um covarde travestído!

Entretanto o sintoma fenomenológico da metira não para por aqui, pois;


A Mentira é Um Fenômeno Como  Mecanismo de Convivência Social

Muitas vezes levadas pela insegurança de não ser aceitas tal como são, as pessoas podem cair na tentação de enriquecer suas histórias e enaltecer suas habilidades de forma e causar uma impressão mais favorável em outras pessoas.É configuradamente o caso do jovem Amalequita!

A mentira tornou-se para o amalequita do texto, um mecanismo de possibilidade de construção, até então inexistente, de intima convivência com Davi!
Infelizmente a convivência foi de curta duração, pois diz o ditado popular que “a mentira tem pernas curtas!”

O jovem queria ficar interessadamente(convenientemente) o melhor amigo do campeão Davi e o momento era conveniente para a montar a metira de que ele era o grande defensor de Davi, pois, havia matado seu maior inimigo que era o rei Saúl!

Conheço muitos casos em que esse artifício maligno é usado, visando a construção de convivências sociais em todos os níveis!

Entretanto, como se não bastasse, a mentira também produz outros filhotes fenomenológicos, entre eles:


A Mentira é Uma Estratégia de Tentar Obter Sucesso Fácil

Infelizmente foi o que aconteceu com o morimbundo amalequita!

Sim. O ardiloso articulista da mentira, percebeu que além de todos os ítens esboçados anteriormente, ele também poderia levar vantagem.Você nunca ouviu falar da famosa “lei de Gerson?" ...
... “Leve vantagem você também!”

Aquilo que lhe interessava era usar da mentira para o sucesso rápido, sem trabalho, sem verdade e sem esforço; Nem que para isso se construisse um castelo de mentiras!

Nunca foi tão fácil, como nos dias de hoje, construir estratégias assim. Sabemos porém que elas são de curta duração, pois logo após, a verdade vem à tona e severamente: utiliza a própria mentira como instrumento de auto-destruição, como foi o caso fatídico daquele jovem Amalequita.

A astúcia mentirosa daquele homem, também nos levar a refletir sobre outro fenômeno revelado na mentira. Ei-lo:


A Mentira  É  Usada Como Planejamento Político

Sim!
Observemos: O morimbundo mentiroso queria um assento no palacio real. Consciente que Saul era morto e que seus filhos eram mortos e que seus capitães foram mortos pelos filisteus, restava à Davi tomar posse do trono, pois era o direto sucessor, eleito de Deus e do povo e no caso em apreço, do próprio mentiroso em questão!A mentira é uma das formas de se construir planejamentos políticos! Incrivelmente usada para esse fim ela alastra-se como praga desenfreada!

Transfiramos esse fenômeno, e porque não dizer, os outros anteriores, para a vida da dimensão eclesiástica. Sim; Igreja!
Quantos ministérios,encargos, posições, títulos, vantagens, lideranças, etc, estão sendo construídas nessas bases maléficas, configurando a ausência total das construções na base da verdade?
Para encerrarmos, convém não nos esquecermos de que:



A Mentira é Usada Como Habilidade de Sobrevivência

Quem era aquele homem? Um amalequita. Inimigo de Davi, pois em outra batalha que simultâneamente desencadeava  com Israel, Davi os havia vencido!

Como Amalequita ele foi articulista de sobrevivência. Sim!

O mentiroso usa muitas vêzes a mentira como armadura de sobrevivência!

Infelizmente em vez de sobreviver, o mentiroso acaba matando sua própria existência. É um terrorista da sua própria alma .
Ciente da campanha vitoriosa que Davi empreendeu vencendo os Amalequitas e querendo livrar seus pescoço da espada, o rapaz que pensava que era esperto, constrói a base de sua sobrevivência com os tijolos da mentira. Ledo engano, pois a espada que ele tanto temia foi sua tirana inimiga sentencial!

É notório perceber que Saul suicidou-se com sua espada. O mancebo Amalequita suicidou-se com sua mentira!

Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade. II Corintios 13:8

Pela Verdade;


Bonani

Comentários

  1. - Opa !!!!! - Tô entrando.........rsrsrsr , - Com a sua Licença: - Nenhum comentário ainda ???

    Então, farei, o meu, ei-lo..............................

    Peço-lhe, gentilmente, a possibilidade de uma sublime observação. Expuseste uma temática, deveras (de + latim veras, acusativo feminino plural de veras, verdadeiras [palavras]), muito importante.
    - Veras, tu Versaste, meu!
    - Axioma, sim! Diria, eu.
    Afinal, as evidências, de vossa explanação, não consistira somente em versejar, mas trata-se de uma proposição consistentemente verdadeira e não somente "verossímil".

    Quando pequeno, assim aprendi:

    Batatinha quando nasce,
    Esparrama-se pelo chão,
    Menininho(a) quando dorme,
    "Poe" a mão,
    No coração.

    Esta tão singela, poesia, por muitos anos acalentou meu sublime coração.

    Até, que um dia, aqui em Capão Bonito (rsrsrsr). Almoçava, eu,(no bar do Ico)com um produtor de Batatas, da Região. Aquele homem simples, da terra (campo), mas, com muito dinheiro no bolso. Enquanto, o mesmo, "garfava" seu ultimo pedaço de batata cozida, que estava no seu prato, assim "caboclatizou": (Filosofia de Caboclo)

    Batatinha quando nasce,
    Espalha ramas, pelo chão,
    Menininho(a) quando dorme,
    "Poe" a mão,
    No coração.

    Foi ai, que eu descobri:
    rsrsrsr

    Batata: (Solanum tuberosum) é um tubérculo perene pertencente à família das Solanaceae
    (Solanáceas em português).

    Ou seja, não se esparrama ou esparrame-se, pelo chão, coisa nenhuma! rsrsrsrs

    A bichinha, da debaixo da terra, o máximo que pode fazer é: - Esparramar ramas, pelo chão!

    Bom, neste meu, "Caboclatizar", gostaria, humildemente, alertar, para algo, ainda mais perigoso. Ou seja, aquelas mentiras, que por sua insistência, acabam se tornando verdade. É a lógica da fenomenal mentira!

    Ai, a relação é extensa:

    1) Descobrimento do Brasil (versão Portuguesa, versus, versão Brasileira),
    2) Independência do Brasil (ai, Victor Meirelles, me desculpe) Eita, quadro mentiroso!
    3) - Admiro tanto minha sogra, que vou fazer uma estátua dela.....(esta então, é mentira que quer perdurar). Alguém já disse, que duro, é convencer a danada, em engolir o Cimento.
    4)- Gosto e levo pra Casa. - Quem? - Minha Sogra! (esta, então, é mentira das cabeludas). rsrsr
    4) Japonês toma "Nano-Viagra". Para com isto !!!
    6) O Brasil é Nação emergente e os EUA é a Nação mais democrática do Mundo,
    7) No Sete, eu paro, ta bom! Afinal, ninguém é perfeito,

    Feita, as minhas ponderações, fiquemos com o texto, por ti sugerido:
    Nada temos contra a verdade, mas (but), somente a favor da mesma!

    Como diria meu Boni-Italiani: Vero!
    De Veracidade, é claro!

    Parabéns pelo seu texto!

    ResponderExcluir
  2. A paz do Senhor, Irmão!

    Gostei das suas postagens. Sobre a mentira minha sogra cita um ditado: O diabo ensina a fazer mas não ensina esconder! Logo tudo vem a tona.
    Sigamos na verdade (1 João 5:20).
    Quando puder visite meu blog.
    www.arautodesiao.blogsot.com. Ele só tem 50 dias e ficaremos contentes com sua visita.

    Rogério Loureiro

    ResponderExcluir
  3. Paz seja contigo

    A saber que a mentira tem como pai o diabo e este vai de mau a pior, não é de admirar que muitas pessoas sejam enfermas, fisica e moralmente.

    e que mesmo que logrem èxito por algum tempo, o seu fim é a ruina,seja nesta vida, seja na vndoura.

    ótima reflexão

    Seja bem vindo em meu blog e se puder edifica-lo, sentirei-me honrado

    atalaiadocastelo.blogspot.com

    Nicodemos

    ResponderExcluir
  4. Olá meus irmãos; Graça e Paz.
    Muito bom este espaço, muito edificante, Deus continue abençoando.
    Aprendendo uns com os outros crescemos na graça e no conhecimento.
    Gostaríamos de compartilhar o nosso blog.

    "Mensagem edificante para alma"
    http://josiel-dias.blogspot.com/

    Josiel Dias
    Cons.Missionário
    Congregacional
    Rio de Janeiro

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Escreva aqui seu comentário e enriqueça ainda mais o Blog com sua participação!

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

“ATITUDES INDISPENSÁVEIS EM RELAÇÃO AO GENUÍNO EVANGELHO!” (1a parte)

"A Igreja Fábrica de Gente e Suas Peças de Produção"