BETESDA: MOVIMENTO DA FÉ CONTRA A INÉRCIA DA VIDA!



Mensagem em forma de esboço ministrada hoje(15/06/17) sexta-feira

Depois disto, havia uma festa dos judeus e Jesus subiu a Jerusalém. Em Jerusalém, junto à Porta das Ovelhas, há uma piscina, em hebraico chamada Betesda. Tem cinco pórticos, e neles jaziam numerosos doentes, cegos, coxos e paralíticos.  Estava ali um homem que padecia da sua doença há trinta e oito anos. Jesus, ao vê-lo prostrado e sabendo que já levava muito tempo assim, disse-lhe: «Queres ficar são?»Respondeu-lhe o doente: «Senhor, não tenho ninguém que me meta na piscina quando se agita a água, pois, enquanto eu vou, algum outro desce antes de mim». Disse-lhe Jesus: «Levanta-te, toma a tua enxerga e anda.» E, no mesmo instante, aquele homem ficou são, agarrou na enxerga e começou a andar. João cap. 5:1-9

Inércia é aquilo que não possui vitalidade nem movimentos próprios! Figurativamente pode ser: Falta de ação; preguiça, indolência, torpor, ou mesmo: …falta de energia moral ou intelectual.
A inércia é um terrível veneno que anula nossa caminhada saudável na existência! É matéria-prima perniciosa que Satanás usa para paralisar as vidas! 
Deus não criou o homem para uma vida inerte!

 Quais sintomas podem revelar  aspectos que configuram tipos de inércia em nossas vidas? ...Como podemos derrubar esses obstáculo?
Analisemos a vida do paralítico no Tanque de Betesda e pontuemos os tipos de atitudes inertes,e, assim sendo, que possamos combate-las   num movimento genuíno de fé!

FÉ VERSUS A INÉRCIA DA  INSUFICIÊNCIA! «Queres ficar são?»

Insuficiência é aquilo  que  falta. Nunca chega. Ou pode se manifestar como algo que existe mas não resolve!
 Tudo se movia na periferia existencial daquele paralítico, mas o sentimento de insuficiência era maior!
Onde há festa há movimento. Onde há gente há movimento. Jerusalém se movia! O templo era palco de grandes movimentos diários! As gentes que aglomeravam a cidade em tempos de festa se moviam! Em Betesta até anjo movia e tirava a inércia das águas com seu movimento celestial,e, nesse contexto; ...os doentes mais perspicazes e rápidos se moviam e eram curados. Entretanto: …trinta e oito  anos foram computados como inércia  e total falta de movimento na vida daquele paralítico, produzindo um sentimento de intenso  estado de insuficiência.
Sua vez parece que nunca chegava!
Maravilhoso é saber que o texto revela  Jesus se “movendo” da festa em Jerusalém, disponibilizando-se em ir ao  encontro daquele moribundo para desfazer  a   “inércia” da insuficiência daquela alma!

FÉ CONTA A INÉRCIA DA  FALTA DE ALTERNATIVA!«Queres ficar são?»

Alternativa pode ser a arte de dirigir um conjunto de disposições,como: estratégia política, ou, estratégia moral!
Os longos anos de enfermidade e impossibilidades fizeram que lhe faltasse a habilidade da astúcia, da esperteza de mudar o quadro miserável de sua vida!
Parece que os anos trouxeram a inércia de “não saber contornar a situação!”
Jesus se manifesta   como  a melhor alternativa   naquele memorável dia de libertação ,e, ainda hoje; …continua dando alternativas de livramento e escapes para nossas almas paralisadas pelo pecado propondo:«Queres ficar são?»

FÉ CONTRA A INÉRCIA DE PERSISTÊNCIA!«Queres ficar são?»


Persistência é aquilo  que dura, que se mantém inalterável. Produz teimosia, perseverança e constância! Parece-nos que não era essa a condição do paralítico!
“Trinta e oito anos” minaram a persistência daquele homem!
Jesus se manifesta para “mover” as águas do “rio da persistência” na vida daquele doente!

FÉ CONTRA  A   INÉRCIA DE  PERSPECTIVA!«Queres ficar são?»
O futuro para aquele paralítico era: bancarrota, esgotamento, falhanço, fracasso!
As quase quatro décadas, talharam, esculpiram, lapidaram na alma do doente a falta de sonhos para o futuro!
Parece que o tempo de paralisia roubou o espírito de perspectiva, ou seja; as probabilidade de acalentar em seu coração projetos mensuráveis e atingíveis!
Jesus traz nova perspectiva de futuro abençoado para aquele “moribundo!”

“Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais. Jeremias 29:11

BONANI

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

“ATITUDES INDISPENSÁVEIS EM RELAÇÃO AO GENUÍNO EVANGELHO!” (1a parte)

RELIGIÕES DO LIVRO E A INCOERÊNCIA DA LITERALIDADE!"