"UNÇÃO OU PRESUNÇÃO"



 “A Unção” como um ato físico-simbólico de derramamento do azeite, principalmente observado na Antiga Aliança, no processo evolutivo da revelação de Deus; …apontava para o vindouro ministério do Espírito Santo, que é Aquele que unge, ou seja, Aquele que separa, capacita, credencia o Cristão a fazer a obra de Deus.
Já, a “Presunção”; …pode configurar-se em: opinião geralmente infundada ou exagerada de si mesmo; de suas próprias qualidades; pretensão; fatuidade; vaidade; afetação.
“Ambas” são realidades temáticas que percorrem toda a Escritura, desde Gênesis ao Apocalipse! 
Triste é saber que algumas pessoas nos relatos bíblicos pressupuseram que ainda possuíam a unção, entretanto, perdendo-a, foram à partir daí governados pela presunção, como foi o caso de Saul e  Sansão. Diz as Escrituras: "E o Espírito do SENHOR se retirou de Saul, e atormentava-o um espírito mau da parte do SENHOR. I Samuel 16:14
 "E disse ela: Os filisteus vêm sobre ti, Sansão. E despertou ele do seu sono, e disse: Sairei ainda esta vez como dantes, e me sacudirei. Porque ele não sabia que já o SENHOR se tinha retirado dele." Juízes 16:20  
Jesus também advertiu alguns:Vós não sabeis de que espírito sois. Lucas 9:55
“UNÇÃO OU PRESUNÇÃO". É um tema que tem colocado meu coração em alerta!

BONANI

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

“ATITUDES INDISPENSÁVEIS EM RELAÇÃO AO GENUÍNO EVANGELHO!” (1a parte)

"A Igreja Fábrica de Gente e Suas Peças de Produção"