"SOBRE PESSOAS E COISAS!” - Gn 14: 21-24


                            
 “ SOBRE PESSOAS E COISAS!” - Gn 14: 21-24
O contexto do capítulo 14 de Gênesis  refere-se  à campanha de guerra empreendida por  Abrão  para libertar seu sobrinho Ló que estava cativo com seus familiares, bem como com os seus bens nas mãos de quatro reis!
Bera, o rei de Sodoma junto com outros quatro, se envolveram numa guerra contra quatro reis. Os cinco reis perdem a guerra para os quatro e Ló é levado cativo juntamente com o povo de Sodoma, Gomorra, Admá, Zeboim e Belá.
Abrão com seus 318 agregados, venceram os quatro reis e libertou seu sobrinho Ló.
Desejo destacar o diálogo que houve entre Bera o rei de Sodoma e Abrão após a poderosa vitória, conquista e resgate que teve o patriarca. Assim o diálogo está registrado:  “E o rei de Sodoma disse a Abrão: Dá-me a mim as pessoas, e os bens toma para ti. Abrão, porém, disse ao rei de Sodoma: Levantei minha mão ao SENHOR, o Deus Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra, Jurando que desde um fio até à correia de um sapato, não tomarei coisa alguma de tudo o que é teu; para que não digas: Eu enriqueci a Abrão; Salvo tão-somente o que os jovens comeram, e a parte que toca aos homens que comigo foram, Aner, Escol e Manre; estes que tomem a sua parte.” Gênesis 14:21-24
Nesse diálogo acima descrito; ...observamos que está em causa um negócio que envolve "pessoas e bens"(coisas). É interessante que tanto o rei de Gomorra, como Abraão colocam em destaque muito mais as pessoas do que as coisas (bens)!
Na guerra para libertar pessoas (seu sobrinho Ló e sua família), Abrão obtêm êxito obtendo como direito adquirido, como era de costume,  tomar posse das vidas resgatadas, como também de todos os despojos que conseguisse trazer consigo! É nesse contexto que surge o negócio entre Abrão e Bera. “Dá-me a mim as pessoas, e os bens toma para ti.” Essa foi a proposta daquele rei!
Quero nessa mensagem destacar o valor das pessoas em relação ao valor das coisas (bens).

TODA  PESSOA TEM SEU  ALTO GRAU DE IMPORTÂNCIA.COISAS DE INSIGNIFICÂNCIA!
Abraão tinha esse espírito nobre de entendimento e dispõem tudo o que tem e possui para resgatar pessoas!
 Eis um caso baseado na vida real: …“ Durante meu primeiro ano da faculdade, nosso professor nos deu um questionário. Eu era bom aluno e respondi rápido todas as  questões até chegar a última: "Qual o primeiro nome da mulher que faz a limpeza da escola?".Sinceramente, isso parecia uma piada. Eu já tinha visto a tal mulher várias vezes. Ela era alta, cabelo escuro, lá pelos seus 50 anos, mas como eu ia saber o primeiro nome dela?Eu entreguei meu teste deixando essa questão em branco e um pouco antes da aula terminar, um aluno perguntou se a última pergunta do teste ia contar na nota.- "É claro!", respondeu o professor. "Na sua carreira, você encontrará muitas pessoas. Todas tem seu grau de importância. Elas merecem sua atenção mesmo que seja com um simples sorriso ou um simples "alô".
Como filhos da luz: …devemos dar total atenção as pessoas considerando-as muito preciosas!
O texto base de nossa meditação não deixa claro a intenção do rei de Gomorra em relação as pessoas as quais ele pede da mão de Abrão, entretanto; o texto deixa patente que Abrão dava valor a vida das pessoas, liberando-as. Não considerou como era de seu direito, propriedade sua!
Outro ato nobre de Abrão é que ele não  faz barganha   das pessoas em detrimento do interesse dos bens como lhe é proposto por Bera. O diálogo entre ambos deixa claramente transparecer que para Abrão as pessoas tinham mais valor do que as coisas. Não quis escravizar pessoas nem  compará-las e vendê-las por bem nenhum!  Abrão, porém, disse ao rei de Sodoma: Levantei minha mão ao SENHOR, o Deus Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra, Jurando que desde um fio até à correia de um sapato, não tomarei coisa alguma de tudo o que é teu,(…)

TODA PESSOA FOI CRIADA PARA SER CUIDADA. COISAS PARA SEREM USADAS!
A estratégia de guerra que Abraão empreendeu foi porque ele amava  pessoas que lhe eram queridas e após as resgatar, não as faria mercadoria de negócio!
Alguém declarou: “Se Deus criou as pessoas para amar, e as coisas para cuidar..., …Por que amamos as coisas e usamos as pessoas?”
Como temos tratado todas as pessoas que fazem parte de nossas vidas? Lembremos que Jesus ordena-nos amar nossos próprios inimigos! Mateus 5.44
O texto menciona pessoas e bens(coisas). Na escala de valores cada uma tem sua medida. É de suma importância entendermos que: “Deus nos dá pessoas para amarmos e coisas para usarmos!”

TODA PESSOA É PRIORIDADE. COISAS SÃO SECUNDÁRIAS!
 Abrão  deu prioridade e  se preocupou com  os familiares com os seus homens e com aqueles que eram confederados á ele na guerra! Abrão prioriza-os! “Salvo tão-somente o que os jovens comeram, e a parte que toca aos homens que comigo foram, Aner, Escol e Manre; estes que tomem a sua parte.”
Alguém certa vez declarou: “Pessoas, muito mais que coisas, devem ser restauradas, revividas, resgatadas e redimidas: jamais jogue alguém fora”!
Que nunca troquemos as prioridades! “Deus nos dá pessoas para cuidar e coisas para usar!” Nunca troquemos as prioridades!

BONANI

Comentários

  1. Amém...
    Muito edificante e pertinente o teu texto, irmão blogueiro Bonani.
    Que Deus continue te dando sabedoria e perspicácia para escrever...

    Abraço

    Simone
    adoracaoreverente.com.br

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo seu blog me ajudou muito em meu estudo sobre abraão e a meditação em amar as pessoas e usar as coisas é divina muitas pessoas ainda não adquiriram esse dom....que Deus abençõe sua vida.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Escreva aqui seu comentário e enriqueça ainda mais o Blog com sua participação!

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

“ATITUDES INDISPENSÁVEIS EM RELAÇÃO AO GENUÍNO EVANGELHO!” (1a parte)

RELIGIÕES DO LIVRO E A INCOERÊNCIA DA LITERALIDADE!"