NATAL E AS PRODUÇÕES DO ESPÍRITO SANTO!


 
Havia em Jerusalém um homem cujo nome era Simeão; e este homem era justo e temente a Deus, esperando a consolação de Israel; e o Espírito Santo estava sobre ele. E fora-lhe revelado, pelo Espírito Santo, que ele não morreria antes de ter visto o Cristo do Senhor. E pelo Espírito foi ao templo e, quando os pais trouxeram o menino Jesus, para com ele procederem segundo o uso da lei, Ele, então, o tomou em seus braços, e louvou a Deus, e disse: Agora, Senhor, despedes em paz o teu servo, Segundo a tua palavra; Pois já os meus olhos viram a tua salvação, A qual tu preparaste perante a face de todos os povos; Luz para iluminar as nações, E para glória de teu povo Israel. E José, e sua mãe, se maravilharam das coisas que dele se diziam. Lucas 2:25-33

O Nascimento de Jesus é obra exclusiva do Espírito Santo de Deus. Todo o processo, desde as profecias registradas no Antigo Testamento, bem como toda  as expectativas  geradas para esse evento, são produtos e matérias primas do Espírito Santo!
“E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; por isso também o Santo, que de ti há de  nascer, será chamado Filho de Deus.” Lucas 1:35…

Ouvimos exacerbadamente  nesse dias declrações sobre o espírito de Natal, espírito esse, o qual  pontualmente, produz em muitos corações aquele clima de religiosidade, bondade, filantropia e irmandade entre os homens.

Creio entretanto que o verdadeiro espírito de Natal é o "Espírito Santo!"

Simeão foi um homem que revelou em sua vida e experiência aquilo que é o verdadeiro Espírito de Natal. Tal registro encontramos no Evangelho de Lucas!

Como desfrutarmos também desse mesmo Espírito natalíno, não só numa pontualidade ou evento especial, mas  em  toda nossa experiência diária?

Experimentemos o Natal de Simeão e desfrutemos daquilo que o  “verdadeiro Espírito” do “verdadeiro Natal” produz em nós!

PRODUZINDO EM NÓS ESPERANÇA! … esperando a consolação de Israel;… vs 25ª

A esperança de Simeão não era estruturada nem frutificada pela sua própria capacidade natural. Esse bom e justo homem acalentava no peito uma esperança imorredoura que só o Espírito Santo poderia produzir no seu coração, o qual aguardava o nascimento do Salvador!

O Espírito do Natal é o Espirito Santo renovando em nós “a esperança” inegociável, intransferível e imorredoura  de  que  aquele que nasceu é poderoso e cumpridor em nós toda sua obra !

Renovemos pelo Espírito de Cristo a esperança de que, em todas as coisas somos mais do que vencedores! “Mas em todas estas coisas somos mais que vencedores, por aquele que nos amou." Romanos 8:37

Que nesse Natal o Espírito Santo aplique essa realidade em nossos espíritos!

PRODUZINDO EM NÓS A CONSOLAÇÃO! … a consolação de Israel;… vs 25ª

Um dos atributos naturais do Espírito Santo é a Consolação! E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre; O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós. João 14:16-17

Simeão dedicou sua vida em esperar o tempo da Consolação e através da ação sobrenatural do Espírito Santo ele alcançou tal sonho!

O Espírito Santo da mesma forma deseja aplicar em nós as suas santas consolações  em  tempos difíceis de crise e traumas que muitas vezes assaltam nossas vidas e famílias!
Confiemos no Espírito do Natal que é o Espírito Santo  operarando em nós o  alívio  à  nossa aflição e a dor, usando como  seu santo lenitivo o conforto e consolo que só o Espírito Santo verdadeiramente produz!

PRODUZINDO EM NÓS MANUTENÇÃO! … e o Espírito Santo “estava” sobre ele. vs 25

Uma das características reveladas no espectativa natalina de Simeão  e´ que por muito tempo(anos) o Espírito Santo manteve seu coração efervescente em relação a visão que ele teve de ver o  Salvador do Mundo! Isso só foi possível através da manutenção constante que lhe permitiu  ser nutrido por essa promessa  em cada instante de sua vida!

Manutenção é algo que significa uma ação ou efeito de manter, de sustentar e conservar!

Que o Espírito Santo do Natal revitalize em nós essa  ação  mantenedora de  que nossos sonhos e realizações em Deus se realizarão até que se cumpra a nossa jornada como foi na vida de Simeão!

 PRODUZINDO EM NÓS SUA COBERTURA! … e o Espírito Santo estava “sobre” ele. vs 25

Diz-se de Simeão que o Espírito Santo estava sobre  ele!  Estar sobre ou cobrir é a primeira manifestação que encontramos nas Sagradas Escrituras acerca do Espírito Santo! … E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus “se movia sobre” a face das águas. Gênesis 1:2

Durante  todo o tempo de espera, Simeão foi influenciado e protegido pela cobertura do Espírito até que se cumpriu  nele a visão que lhe foi dada!

Renovemos nesse Natal nossa confiança na cobertura, no cobrimento protetor e hermético do Espírito Santo, o qual, com certeza, nos conservará na Graça Salvadora para que se cumpra em nós tantas quantas são as promessas de Deus por Cristo Jesus! …Pois, tantas quantas forem as promessas de Deus, nele está o sim; portanto é por ele o amém, para glória de Deus por nosso intermédio. 2 Coríntios 1:20

PRODUZINDO EM NÓS REVELAÇÃO! … E fora-lhe “revelado”, pelo Espírito Santo, que ele não morreria antes de ter visto o Cristo do Senhor. vs 26

Revelação é  desvendar algo que está oculto ou coberto por um véu, o qual uma vez removido, manifesta o que está encoberto. Foi assim que aconteceu na vida de Simeão. O Espírito Santo lhe revelou que não morreria sem antes ver o Cristo do Senhor!

Natal seja para nós deverá atuar como  agente, um instrumento usado pelo Espírito Santo para trazer novas revelações, retirando o véu da incredulidade, crise, más notícias, trazendo consigo uma mensagem reveladora de transformação, mudanças, esperança e acima de tudo, renovação de fé publicando convictamente em nossos corações que nos próximos tempos não mais nos ocuparemos em ver  só a “crise” produzida pelos "senhores  desse mundo", mas sim, veremos em meio a “crise”, o “Cristo do Senhor"!
Essa é a maior revelação que o Espírito Santo quer nos trazer nesse Natal!

PRODUZINDO DIREÇÃO! … E pelo Espírito foi ao templo. vs 27

Simeão foi conduzido ao templo pelo Espírito do Senhor!

O Espírito Santo tem como ministério ser o nosso “G.P.S”, ou seja; “Ele” maravilhosamente quer nos conduzir pelos caminhos, pavimentos, geografias e lugares, como também;  ...eventos e situações, as quais “Ele” mesmo já nos proporcionou como experiencias de vida renovada e revificada como foi o caso de  Simeão, que sendo guiado por esse Santo G.P.S, foi até o templo encontrar-se com a “Verdadeira Vida!”

Nossas  expectações nesse Natal  devem ser  direcionadas pelo Espírito Santo de Deus!  

PRODUZINDO LOUVOR!  ...Ele, então, o tomou em seus braços, e louvou a Deus, Lc 2:27

O Natal de Simeão  iniciou  com “Esperança” acalentada pelo Espírito Santo e terminou em “Louvor” produzido pelo mesmo Espírito.

Tudo aquilo que começa bem no Espírito Santo com certeza reservará um final glorificante produzido pelo mesmo Espírito!

Saturemos com louvor inspirado pelo Espírito, nesse  Natal, aquele que nasceu para ser o nosso Salvador!

Louvor produzido pelo Espírito Santo é prenuncio de recriação de muitas coisas impossíveis em nossas vidas.  
...Que assim seja!

…Inspira-nos Espirito Santo à  um novo Cântico de Adoração à Majestade nas Alturas!
… A minha alma engrandece ao Senhor,E o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador. Lucas 1:46-47
 
PRODUZINDO EM NÓS UMA CARREIRA COMPLETA! ...Agora, Senhor, despedes em paz o teu servo, Segundo a tua palavra; Pois já os meus olhos viram a tua salvação,... -  Lucas 2: 29
"Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até o dia de Cristo Jesus..." -  Filipenses cap 1 vs 6
Simeão agora compreende que sua carreira está completa, pois toda completude reside na entrega absoluta da alma ao governo do Espírito Santo!
O Espírito Santo do Natal é o prenúncio de um governo divino em nós o qual quer ter  seu início, meio e fim produtivos  e expressivos configurados em muitas bençãos de aperfeiçoamento de sua obra em nossas vidas!
Desejemos ardentemente nesse Natal tal completude do Espírito Santo em nós!
 
No Espírito do Natal;
BONANI

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

“ATITUDES INDISPENSÁVEIS EM RELAÇÃO AO GENUÍNO EVANGELHO!” (1a parte)

"A Igreja Fábrica de Gente e Suas Peças de Produção"