IMUNIDADE DA MINHA "EU ESQUIZOFRENIA" ATRAVÉS DO CONHECIMENTO DA "LOUCURA DO EU SOU"



"Tu reduzes o homem ao pó, e dizes: Voltai, filhos dos homens! Porque mil anos aos teus olhos são como o dia de ontem que passou, e como uma vigília da noite. Tu os levas como por uma torrente; são como um sono; de manhã são como a erva que cresce; de manhã cresce e floresce;   tarde corta-se e seca." Salmos 90:3-6

Só há um verdadeira realidade...; ...Deus!
Quando encaro aquilo que penso ser minha realidade e quando  me entrego e  deixo   minha ideias se fixarem na lógica, entro em tremendo conflito, pois sei; ....existe dentro  de mim, ainda que  "sendo  e vivendo pela fé da nova criatura" uma dualidade, um contra fluxo,  um contra senso,  uma dicotomia, uma ambiguidade. É uma batalha  "original-existencial-primária" constante e intensa! "Não entendo o que faço. Pois não faço o que desejo, mas o que odeio.E, se faço o que não desejo, admito que a Lei é boa.Nesse caso, não sou mais eu quem o faz, mas o pecado que habita em mim. Sei que nada de bom habita em mim, isto é, em minha carne. Porque tenho o desejo de fazer o que é bom, mas não consigo realizá-lo." Romanos 7:15-18
De uma coisa tenho certeza:  "Toda natureza e a forma como foi criada  sofreu drasticamente alterações de modo que como a interpreto e a compreendo também ficou sujeito ao escrutínio deformado de minha própria leitura,interpretação, codificação e catalogação fruto dessa mesma catástrofe primária! 
Por exemplo: Cada vez mais percebo que  a forma que desenvolvo minha  interpretação da  realidade partindo de uma "macro visão" do universo para uma "micro visão",  minhas  projeções mentais sobre o que acho ser realidade cósmica, na realidade  se tornam uma  ilusão , visto que os elementos que formam o universo e cada forma como vejo(Solida, liquida, gasosa ou plasmática), se eu observar  no nível subatómico,não existem de fato dentro do padrão geométrico, dimensional, temporal e de espaço que usualmente aprendi,"apreendi" e por conhecimento empírico, científico, existencial; adquiri! 
Portanto: ...tudo que vejo, à partida, se torna   uma ilusão por causa dos  moldes, formas, ou  até mesmo pela minha estrutura mental ("alma") adquirida por natureza e convivência do meio, e  sendo assim; ...cada vez mais, pareço e pereço por esse mesmo meio e prisma, ficar longe da  Essência Real.
Estou aprendendo a "aprender" suportar a possibilidade de  viver a "natureza de uma fé consciente e  lúcida, degladiando com uma "natureza lógica e louca"! ...rs,rs,rs,...
Estou aprendendo a me tornar "auto-imune" pela essência do "Eu Sou" e deixar a  cada instante deixar a esquizofrenia do que "eu penso ser!" João 8:58

BONANI

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

“ATITUDES INDISPENSÁVEIS EM RELAÇÃO AO GENUÍNO EVANGELHO!” (1a parte)

RELIGIÕES DO LIVRO E A INCOERÊNCIA DA LITERALIDADE!"