COMO VOCÊ ENCARA UM NOVO DIA?



Quando você acorda para se preparar para outro dia de trabalho - especialmente na segunda-feira - qual a sua atitude? Você está cheio de entusiasmo e expectativas, encarando com ansiedade as oportunidades e desafios que o dia vai lhe apresentar? Ou você tem sentimentos de frustração ou mesmo medo, desejando voltar para cama, puxar as cobertas, e esquecer o trabalho?
 Se você fica no lado negativo dessa equação, pode haver várias razões: os prazos parecem esmagadores; sérios conflitos com superiores ou colegas; não corresponder com o que foi chamado para realizar; ou o trabalho se tornou tedioso e rotineiro, deixando-o sem inspiração.
 Outras razões podem vir à mente, mas o fator primordial é a sua atitude para com o trabalho e o local onde você trabalha. Nem sempre podemos mudar as circunstâncias, mas podemos escolher nossas atitudes ao lidar com elas.
 Não sou do tipo "poder de pensamento positivo" , mas de crença positiva. Gosto de começar cada dia em silêncio - às vezes antes mesmo de sair da cama - repetindo meu versículo favorito: "Este é o dia que o Senhor fez, regozijemo-nos e alegremo-nos nele" (Salmo 118.24). Se eu realmente acreditar que Deus achou por bem dar-me um novo dia, cheio de oportunidades, novas experiências e encontros inesperados, posso encará-lo com otimismo e expectativa.
 A maioria dos dias nunca acontece como eu espero. Um amigo me liga sem eu esperar ou envia um e-mail que me leva a uma interação significativa. Inesperadamente alguém me contata e pergunta se eu estaria interessado em um novo artigo ou projeto editorial, fora da minha grade de planejamento. Começo uma tarefa e, de repente, meu foco vai parar em outra coisa e, então, percebo que a original não era tão urgente como eu tinha pensado e que posso postergá-la.
 Há quase seis anos passei por uma cirurgia do coração bem sucedida e determinei encarar cada novo dia como um "presente". Ninguém tem a garantia do amanhã, mas sobreviver a um grande evento como esse, ficamos marcados para sempre. Embora reconheça que nem todo dia será agradável ou fácil, se Deus o deu a mim, deve haver uma razão e aguardarei com interesse o que ele me apresentar.
 Aqui estão princípios das Escrituras para considerar como embarcar em um novo dia:
 Encare cada dia como oportunidade e não imposição. Como diz o ditado, "Nossos dias estão contados". Assim, devemos valorizar o que temos e fazer uso bom e sábio do tempo que nos foi dado. "Ensina-nos a contar os nossos dias, para que alcancemos coração sábio" (Salmo 90.12).
 Administre seu dia antes que ele seja perdido. O bem que temos em comum é o tempo. E não podemos economizá-lo para usá-lo em outro dia. A hora que se passou, se foi para sempre. Devemos considerar como usá-la para tirar o maior proveito. "Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, e, sim, como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus" (Efésios 5.15-16). Por Robert J. Tamasy
BONANI

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

“ATITUDES INDISPENSÁVEIS EM RELAÇÃO AO GENUÍNO EVANGELHO!” (1a parte)

RELIGIÕES DO LIVRO E A INCOERÊNCIA DA LITERALIDADE!"