"PRÉ-TEXTO... TEXTO...CONTEXTO..." (REGRAS BÁSICAS. SE NÃO VIRA PRETEXTO!)


Estou fugindo como o diabo foge da cruz em discutir temas teológicos  reducionista e "hermeticamente hermenêuticos" em padrões dogmáticamente  pré estabelecidos  e de circuito mental fechado!
Pergunto: Como interpretar essa declaração de Paulo, de que... "Toda a Escritura divinamente inspirada é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça...,? (2Tim 3:16). Como interpretar isso sob o ponto de vista de um contexto que não é judaico, no caso, os efésios(gentios) de cultura pagã?
Como escreveu meu irmão Fernando Bonani àcerca desse texto supra: "A grande questão para aqueles que são filhotes da Sistematição Reducionista Teológica, é catapultar-se desta primeira condição pra fora. A tentativa de elocubrar tais dimensões num texto, ainda sim é limitada para uma possível expansão, tendo em vista que; a revelação como o é, tem como tábua outra natureza. Sendo assim, terá diferentes "letras". Neste âmbito qualquer ação ou manifestação continuará sendo limitadora.
Nem olhos viram ... ,
não se escreve...,
ou se Lê ...
Nem ouvidos ouviram... ,
nem há percepção dentro da absorção humana!"
Tá dito.
Para mim encerrou-se a discussão!

Bonani

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

“CANTARES”, “CANTADAS” E AS PRINCESINHAS DO REI SALOMÃO – (História pra machoxô que pensa que é Eros!)

AMIZADE: “PURÁ É A PURA!”