ÚNICA E ETERNA REDENÇÃO!


Em nossa reunião de ontem que tem como  propósito  orações e estudo da Palavra, compartilhei textos no Livro aos Hebreus, onde salientei sobre a única, suficiente e eficaz obra da nossa redenção. Dizia aos congregados que não vivemos debaixo de nenhuma lei ou prescrição religiosa seja ela, cerimonial, prescritiva, legal, etc. 
-"...Vivemos interiormente a Lei do espírito de vida em Cristo Jesus"...Romanos 8:1-2.
Afirmei!
Deixo abaixo uma reflexão que e absolutamente esclarecedora sobre o assunto referente às nossa posição em Cristo Jesus é mais ninguém!

"ἅπαξ (Hapáx) e/ou έφάπαξ (efapax), o advérbio da Eterna Redenção!
Inicialmente, o vocábulo grego é lido como um “H” aspirado, como na pronúncia da palavra “Honda” ou “House”, casa em inglês, em face do acento, no formato de “uma vírgula no ar”, com o seu ‘radarzinho’ aberto pra frente!
O advérbio ἅπαξ (hapáx) é de uso fundamental e proposital, especialmente na Carta aos Hebreus. É, de fato, um advérbio que intensifica uma qualidade super real de propósito: “uma vez, uma vez mais, mais que uma vez, de uma vez por todas, de uma vez para sempre”!
O confronto da realidade com este admirável advérbio grego, vem à tona, especialmente, quando certo “poder religioso”, do “caminho largo”, apoiado erroneamente em ‘dogma’ ou doutrina ou preceito religioso, ousa afirmar, que em “Culto Tal” ou na “Missa”, " ou movimento tal", “repete-se o Sacrifício de Cristo”!
Deve-se dizer prontamente:
Ledo engano ou mesmo: grande mentira da idiossincrasia da inventiva e fantasiosa mente religiosa humana, querendo sobrepor à inerrante "Palavra"(Lógos) de Deus, que diz, por exemplo, em HEBREUS 9:12 - “entrou UMA  VEZ no Santuário, havendo efetuado UMA Eterna Redenção”! Portanto, o Sacrifício de Cristo não se repete, como se repetiam os contínuos e inúmeros sacrifícios de animais no Antigo Testamento, na antiga aliança! E na forte declaração do original grego, surge o segundo similar vocábulo e reforçado:
έφαπάξ (efapáx) -, “de UMA vez por todas”, que a Chave Linguística do N.T, Ed Vida Nova diz: “A preposição prefixada dá um fortalecimento diretivo”.
A mesma reafirmação de um ato único e realizado de uma só vez, vem substanciado em Hebreus 10:10 - “Na qual vontade temos sido santificados pela oblação (oferenda feita a Deus) do corpo de Jesus Cristo, feita UMA vez”."

Como é de pasmar,  o quanto a religião inventa coisa, procurando enganar a mente de muitos incautos que vão aceitando tudo e dizendo “amém” a qualquer “ “sútil novidade”!
Ora, em qualquer Culto, pode-se PROCLAMAR a morte e a ressurreição de Jesus Cristo, como citado na Ceia do Senhor, “anunciar a Sua morte até que venha”(1 Coríntios 11:26b).
O profeta Isaías já advertia:
“À lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, é porque não há luz neles”(Isaías 8:20). Ora, se não há LUZ (João 8:12), reinam as densas trevas da ignorância religiosa em oposição a João 8:32 -  “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. (Subscrito)

Bonani

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

“CANTARES”, “CANTADAS” E AS PRINCESINHAS DO REI SALOMÃO – (História pra machoxô que pensa que é Eros!)

AMIZADE: “PURÁ É A PURA!”