“OS PEITOS DE ANGELINA JOLIE. O PODER DA RETÓRICA. A ÁRVORE DO SILÊNCIO. O FRUTO DA PAZ!”


 
“OS PEITOS DE ANGELINA JOLIE. O PODER DA RETÓRICA. A ÁRVORE DO SILÊNCIO. O FRUTO DA PAZ!”

O poder da palavra [logos] sobre a constituição do espírito pode ser comparado com o efeito das drogas no organismo: tal como as drogas, ao provocarem diferentes estados de ânimo no corpo humano, podem pôr fim às doenças ou à vida, assim também com o discurso: diferentes palavras podem induzir preocupação, prazer ou medo ou, através de um tipo de persuasão mal-intencionada, entorpecer ou enfeitiçar o espírito. (in Kathleen Freeman, Ancilla to the Pre–Socratic Philosophers)

 “As grandes massas de uma população são mais receptivas ao apelo da retórica do que qualquer outra força.”  Adolf Hitler

Afirmo: A retórica é uma arte  “criadora de persuasão”

Com todo o respeito! O “exs” peitos da Angelina Jolie viraram bandeira de um tema que está saturando exaustivamente todos os meios de comunicação social.

Destaquei uma parte da carta que ela enviou ao  “The New York Times”:

Aqueles que são portadores do gene defeituoso BRCA1 têm 65% de risco de desenvolvê-lo, na média. Uma vez que eu descobri que essa é minha realidade, eu decidi ser pragmática e minimizar os riscos ao máximo. Tomei a decisão de passar por uma mastectomia dupla preventiva.

Eu optei por retirar as mamas primeiro, já que meu risco de desenvolver câncer de mama é mais alto do que o de ter câncer de ovário, e a cirurgia é mais complexa. No dia 27 de abril, eu finalizei três meses de procedimentos médicos que envolveram a mastectomia. Durante esse tempo, eu consegui manter o assunto no meu círculo privado e segui com meu trabalho. Mas estou escrevendo sobre isso agora porque eu espero que outras mulheres possam se beneficiar da minha experiência.

Câncer ainda é uma palavra que provoca medo nas pessoas, produzindo um profundo senso de impotência. Mas hoje é possível descobrir por meio de um exame de sangue se você é ou não propenso aos cânceres de mama e de ovário, e então partir para a ação."

Particularmente; Observo uma boa dose de ambiguidade no tema abordado por essa figura pública mundial.

Por vezes, uma declaração dessas vinda através de uma destacada figura pública como  essa atriz, pode produzir mais efeitos negativos do que positivos, gerando um psiquismo coletivo de medos e angústias, principalmente no público feminino, podendo gerar outras espécies de doenças como por exemplo, as de foro psicológico.

Angelina publica  que sua cirurgia de mastectomia foi resultado de anteriores exames minuciosos, acessíveis   só àquelas  mulheres que possuem recursos para o fazê-los.

Leia abaixo uma declaração preocupante que extrai de  uma mulher, que com certeza, representa a de milhares, e porque não dizer, milhões delas, as quais a essa altura do campeonato  já souberam da "declaração-revelação" da atriz:

…Claro que ela teve  o suporte dos melhores médicos do mundo e que com certeza depois dos implantes, ficará esteticamente ainda mais bonita.

Mas uma cirurgia dessas deve ser difícil demais. Além de ser super séria e delicada, envolve o emocional, a auto estima e o medo. Pois por mais dinheiro e suporte que ela tenha, riscos de uma hemorragia ou infecção, qualquer pessoa pode ter…

…Eu tenho muito medo de ter. Na verdade tenho medo de ter até uma virose depois que tive as meninas. E por estar com 37 anos já vou começar a fazer os exames preventivos todo ano. Meu GO há poucos dias me pediu um ultra-som de mama por ser menos invasivo por eu ainda ter um pouco de leite, fizemos o exame de toque onde só de apalpar o médico consegue encontrar nódulos ou carocinhos,  e a partir do ano que vem farei mamografia.

A maioria das mulheres do mundo não possue nem de longe os recursos que a Angelina Jolie possui, entretanto, o poder da informação pode produzir na alma  dessa  gente  leiga   angústias que podem gerar outros tipos de patologias!

Creio que o melhor mesmo é que ela se calasse nesse assunto e gerisse bem suas próprias angústias e medos do que produzir pelo poder da retórica angústias e medos coletivos!

Faz me pensar naquilo que diz o sábio: Da árvore do silêncio pende seu fruto, a paz. Arthur Schopenhauer

Em homenagem àquelas mulheres que no silêncio existencial não  tem nem  o capricho de expressar seus medos, muito menos, de ter  peitos de silicone hollywoodianos como os de uma Angelina Jolie

Tá dito;

BONANI

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

“ATITUDES INDISPENSÁVEIS EM RELAÇÃO AO GENUÍNO EVANGELHO!” (1a parte)

RELIGIÕES DO LIVRO E A INCOERÊNCIA DA LITERALIDADE!"