DEUS É IMPOSSÍVEL... ( o Absurdo do óbvio!)


DEUS É IMPOSSÍVEL!...
Sem fé é impossível agradar a Deus!
Sim, pois sem fé não há como o finito se relacionar com o infinito, posto que o infinito não caiba na lógica finita, e, portanto, apenas a fé pode acessar o Impossível/Infinito.

Ora, Deus é Impossível e Absurdo!...
Deus é tanto Óbvio como Absurdo!...
Ele é Óbvio porque sem palavras e sem demonstrações é mais que Possível pensar que haja Deus como causa da vida e de todos os sentidos que dão razão para ser e existir — todavia, é assim exclusivamente em razão do Absurdo!
Ou seja:
A existência é tão complexa e absurda que se torna óbvio que ela somente exista em razão do Absurdo; o que é Óbvio.
Assim, se é o Absurdo que faz algumas pessoas não crerem em Deus, é também pelo Absurdo que eu, por exemplo, creio Nele de modo Óbvio.
A existência é tão Absurda que faz Deus Óbvio...
Entretanto, o Óbvio/Deus só pode ser entendido como não entendimento do Absurdo; ou seja: pela fé.
O entendimento do Absurdo, todavia, só acontece pela compreensão da não compreensão do Absurdo...
Apesar disso [...] — Deus é tão Absurdo quanto Óbvio!...
Ora, a fé é o que existe entre o Óbvio e o Absurdo!
A fé prova Deus de modo indemonstrável exceto como experiência.
Sim, a prova de Deus só pode ser demonstrada como experiência pessoal, o que não serve como prova para nada, exceto para aquele que provou.
Desse modo se pode dizer que a única apologia acerca de Deus é aquela que o Evangelho e os Profetas propõem quando dizem: “Conheça a Deus e mostre isso fazendo o bem”.
Mas não há provas da existência de Deus exceto para aquele que O conheça pela fé.
Afinal, Deus determinou na Sua sabedoria que por nenhuma sabedoria humana ou de qualquer outra natureza se possa conhecê-Lo.
Todavia, tal determinação divina não acontece senão como impossibilidade do finito açambarcar o infinito!
Por isso, quando me pedem para fazer apologia de Deus [...] eu sempre me nego a fazê-lo; posto que me seja tarefa mais fácil tentar explicar o pior absurdo na existência do que buscar explicar a existência como fruto do Absurdo/Amor que pré-existe a todas as coisas...
Na realidade é Impossível agradar a Deus sem fé, visto que somente a fé põe o finito em dialogo Óbvio com o Absurdo!
Pense nisso; mas se quiser explicações..., desista; visto que a única explicação é inexplicável, exceto pela fé.
Nele, a Quem conheço sem entender, a Quem amo sem poder demonstrar senão pela fé, e a Quem temo sem medo algum enquanto caminho crendo Nele mais do que na minha própria existência,
Caio Fábio

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

“ATITUDES INDISPENSÁVEIS EM RELAÇÃO AO GENUÍNO EVANGELHO!” (1a parte)

RELIGIÕES DO LIVRO E A INCOERÊNCIA DA LITERALIDADE!"