“JOQUEBEDE” - A CRISE DO HOMEM E A SOBERANIA DE DEUS


         “JOQUEBEDE” - A CRISE DO HOMEM E A SOBERANIA DE DEUS
E foi um homem da casa de Levi e casou com uma filha de Levi. E a mulher concebeu e deu à luz um filho; e, vendo que ele era formoso, escondeu-o três meses. Não podendo, porém, mais escondê-lo, tomou uma arca de juncos, e a revestiu com barro e betume; e, pondo nela o menino, a pôs nos juncos à margem do rio. E sua irmã postou-se de longe, para saber o que lhe havia de acontecer. E a filha de Faraó desceu a lavar-se no rio, e as suas donzelas passeavam, pela margem do rio; e ela viu a arca no meio dos juncos, e enviou a sua criada, que a tomou. E abrindo-a, viu ao menino e eis que o menino chorava; e moveu-se de compaixão dele, e disse: Dos meninos dos hebreus é este. Então disse sua irmã à filha de Faraó: Irei chamar uma ama das hebreias, que crie este menino para ti? E a filha de Faraó disse-lhe: Vai. Foi, pois, a moça, e chamou a mãe do menino. Então lhe disse a filha de Faraó: Leva este menino, e cria-mo; eu te  darei teu salário. E a mulher tomou o menino, e criou-o. E, quando o menino já era grande, ela o trouxe à filha de Faraó, a qual o adotou; e chamou-lhe Moisés, e disse: Porque das águas o tenho tirado. - Êxodo 2:1-10; 6:20
De acordo com a Bíblia Hebraica, Joquebede ou Yochéved (יוֹכֶבֶד / יוֹכָבֶד traduz-se: "O Senhor é glória", hebraico: Yoḫéved / Yoḫáved).
Uma mulher tão poucas vezes mencionada nas Escrituras, entretanto, instrumento indispensável no desenvolvimento do plano de Deus para com a vida de seu filho Moisés, e, consequentemente a libertação dos hebreus do Egito! E Anrão tomou por mulher a Joquebede, sua tia, e ela deu-lhe Arão e Moisés: e os anos da vida de Anrão foram cento e trinta e sete anos. Êxodo 6:20
A atitude de Joquebede relatada no texto bíblico acima proposto, descreve um precioso e poderoso ensino que revela-nos como que uma crise instalada, pode se transformar em instrumento de condução, construção e consolidação de uma linda história, de um lindo projeto da manifestação da Soberania de Deus!
Para cada situação de crise, onde as trevas tentam exercer sua influência dominante, haverá sempre uma “Joquebede”, “O Senhor é Glória”, para manifestar o poder soberano de Deus, que conduz todas as coisas como instrumentos de cooperação ao serviço de seus desígnios! E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Romanos 8:28
Como entender à luz da Palavra, as implicações de uma crise que nos leva a depositar e descansar na soberania de Deus, reconhecendo-o como agente determinante de nossa história?
Aprendamos com Joquebede, o processo que desencadeia o desenvolvimento da história de êxito que Deus tem preparado para cada um de nós!
JOQUEBEDE  DEPOSITA  CONFIANÇA NO SOBERANO- (HÁ DE CONFIAR TOTALMENTE NA SOBERANIA DE DEUS!) Não podendo, porém, mais escondê-lo, tomou uma arca de juncos, e a revestiu com barro e betume; e, pondo nela o menino, a pôs nos juncos à margem do rio. Êx 2:3
Temos um Deus Soberano, Supremo, excelso. Único Deus no mais alto grau. Acima de qualquer controle; absoluto: poder soberano. Poderoso, incontestável, justo soberaníssimo!
Joquebede confia na Soberania de Deus e entrega às águas do Nilo a vida de seu filho, sabendo que nada impediria o propósito de manter o menino vivo! Há de se depositar em Deus, toda a nossa confiança!
Quando a crise se instala e as circunstâncias parecem incontornáveis, como Joquebede, teremos de aceitar a proposta de confiar na soberania do Altíssimo, pois é nela que se estabelece o propósito de Deus em nossas vidas. Para cada “Nilo de oposição”, haverá sempre um “mar da soberania” nos conduzindo!
 JOQUEBEDE ALINHA  SUA VISÃO NO SOBERANO- (A VISÃO DE DEUS É EXTENSIVA E EXPANSIVA!). E sua irmã (Mirian) postou-se de longe, para saber o que lhe havia de acontecer. Êx 2:4
A visão do homem é limitada e cheia de impedimentos!
O texto bíblico narra que Mirian, irmã de Moisés, fica olhando de longe todo o acontecimento nas águas do Nilo.
Todo aquele evento estava no controle do olhar da menina. Entretanto, Mirian tinha uma visão limitada, pois, até onde seus olhos pudessem alcançar o pequeno cesto, onde estava seu irmão, ela poderia observar, se passasse de sua linha de controle visual, perderia totalmente de vista o menino!
Isso me faz pensar quando ficamos sem a visão controladora das coisas. Quando os filhos, casamento, vida profissional, sonhos, projetos, esperanças, parecem fugir   à observação controladora da nossa visão limitada e só nos resta ficar à sorte, na expectativa que do que o futuro poderá nos apresentar!  
Joquebede revela que sua visão estava submissa a visão de Deus, que é Extensiva, “se estende, se dilata, como uma visão com força e energia construtiva!
É esse tipo de entrega à visão divina que acalma o coração e faz-nos descansar na soberania divina, sabendo que Deus sempre vê muito mais longe do que nossa vã visão existencial! A visão de Deus é expansiva! Se expande e atinge todas as esferas e dimensões. Aleluia!
JOQUEBEDE CONFIA NA GESTÃO DO SOBERANO.
E a filha de Faraó desceu a lavar-se no rio, e as suas donzelas passeavam, pela margem do rio; e ela viu a arca no meio dos juncos, e enviou a sua criada, que a tomou. E abrindo-a, viu ao menino e eis que o menino chorava; e moveu-se de compaixão dele, e disse: Dos meninos dos hebreus é este. Então disse sua irmã à filha de Faraó: Irei chamar uma ama das hebreias, que crie este menino para ti? E a filha de Faraó disse-lhe: Vai… V. 5-6
Deus administra, tem a gestão de  todos os acontecimentos!
“Ele” pode, em sua soberania, usar a tudo e a todos à fim de serem atingidos seus objectivos pré-determinado como em todo o evento relacionado à filha de Faráo!
Por outras palavras: cabe à gestão divina  o planejamento,  organização, liderança e controlo de todas as coisas e situações no propósito soberano  a atingir os objectivos pré-determinados. As situações concretas vividas naquele local onde se desenrola a ação! Esta é uma das principais razões apresentadas pelas circunstâncias para realização da gestão divina!
Quando nossa percepção espiritual consegue entender e perceber que Deus trabalha em meio as mais variadas circunstâncias, como usou todos os eventos descritos nos versículos acima propostos, então, o coração descansa tranquilo na administração soberana de Deus. Tudo em Deus cooperará para isso!   “E sabemos que em todas as coisas Deus trabalha para o bem daqueles que amam, dos  que são chamados segundo o seu propósito.” Rm 8:28
JOQUEBEDE ENTREGA-SE À PROVISÃO DO SOBERANO. v.6-9
O que é a provisão no conceito da fé?... Ato ou efeito de prover. Abundância. Fornecimento. Provimento! É notório destacar que é a entidade, (Egito), que representa a maior inimiga dos hebreus, torna-se  o instrumento de     bênçãos para a provisão de Joquebede! …Leva este menino, e cria-mo; eu te  darei teu salário… Foi o que acordou a filha de faraó com Joquebede!
Na provisão soberana até o inimigo trabalha ao nosso favor!
JOQUEBEDE RENOVA SUA DEPENDENCIA NO SOBERANO! v.10
Joquebede  já havia no primeiro processo de sua linda história, lançado o filho ao rio, depois, recebido da filha de faraó o filho novamente. Agora; entrega Moisés novamente a soberania de Deus!
Depender de Deus é fazer sempre uma entrega.É um ato constante de dependência e confiança!
Na entrega absoluta, todos os elementos trabalharão ao nosso favor! Mesmo que pareça uma contrariedade. Entretanto Deus fará!
Aprendamos a Soberania de Deus através  da fé de Joquebe.



Bonani

Comentários

  1. maravilhoso belo texto primo DEUS é pleno na sua vida !!!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Escreva aqui seu comentário e enriqueça ainda mais o Blog com sua participação!

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

“ATITUDES INDISPENSÁVEIS EM RELAÇÃO AO GENUÍNO EVANGELHO!” (1a parte)

RELIGIÕES DO LIVRO E A INCOERÊNCIA DA LITERALIDADE!"