“REINÍCIOS E A TRANSITORIEDADE DAS NOSSAS PROVAÇÕES!"



Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente; II Cor 4:17

E o SENHOR virou o cativeiro de Jó, quando orava pelos seus amigos; e o SENHOR acrescentou, em dobro, a tudo quanto Jó antes possuía. Então vieram a ele todos os seus irmãos, e todas as suas irmãs, e todos quantos dantes o conheceram, e comeram com ele pão em sua casa, e se condoeram dele, e o consolaram acerca de todo o mal que o SENHOR lhe havia enviado; e cada um deles lhe deu uma peça de dinheiro, e um pendente de ouro. E assim abençoou o SENHOR o último estado de Jó, mais do que o primeiro; pois teve catorze mil ovelhas, e seis mil camelos, e mil juntas de bois, e mil jumentas. Também teve sete filhos e três filhas.E chamou o nome da primeira Jemima, e o nome da segunda Quezia, e o nome da terceira Quéren-Hapuque.E em toda a terra não se acharam mulheres tão formosas como as filhas de Jó; e seu pai lhes deu herança entre seus irmãos.E depois disto viveu Jó cento e quarenta anos; e viu a seus filhos, e aos filhos de seus filhos, até à quarta geração.Então morreu Jó, velho e farto de dias. Jó 42:10-17

Acredito em reinícios e acredito que os reinícios podem ser totalmente diferentes e melhores do que os inícios!
Alguém certa vez declarou: “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode reiniciar agora e fazer um novo fim.”

Creio que em parte, o processo da “provação”, como por exemplo, na vida de Jó, é uma forma  divina   que propõem reinícios em nossas vidas!

Gosto também dessa declaração: “É necessário ter o caos cá dentro para gerar uma estrela.” Friedrich Nietzsche

O patriarca Jó é testemunha  pungente  de  que a transitoriedade da provação produz  recomeços na existência!

Se existe a provação, existe   também a  renovação; …existem recomeços!

Quais estímulos renovadores podemos  descobrir, exercitar e esperar  na hora da provação?

Os resultados  das experiências de Jó servirão para nos ensinar e estimular que nenhuma provação é despropósito, mas sim, "elemento"  "elementar"  para o operar de um novo processo de reinícios em nossas vidas. Vejamos então que:…

APÓS A PROVAÇÃO SOMOS CANDIDATOS AO REINÍCIO DE UM NOVO CICLO (HISTÓRIA)! E o SENHOR virou o cativeiro de Jó,…

Uma reviravolta. Um novo ciclo. Um novo Jó. “Deus faz em cinco minutos  aquilo que pode levar cinquenta anos!”
Nossa leve e momentânea tribulação é computação e acumulação de resultados maravilhosos e reinícios de nova história, como foi fato na vida de Jó e com certeza será na nossa! Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente; II Cor 4:17
Ouso declarar que nossas provações produziram novos ciclos de vida! Viragens!

APÓS  A  PROVAÇÃO SOMOS RENOVADOS PARA O REINÍCIO DE NOVAS ADIÇÕES NA VIDA! …e o SENHOR acrescentou, em dobro, a tudo quanto Jó antes possuía.

Provação não é para decréscimo, diminuição mas para acréscimo, acrescentar, adicionar!
Por vezes vemos na provação as coisas sem formas e vazias, catastróficas e críticas, entretanto, como  aconteceu na criação original, Deus dirá a esse caos que servirá para acrescentar e adicionar como na vida de Jó, medidas dobradas, acrescentadas! Não foi assim no caos primitivo da primeira criação? Gn 1; …assim será conosco como foi com Jó!
Espere adições de Deus em sua vida após a transitoriedade de sua provação!
Se estamos sendo provados, vamos aguardar mais um momento, pois o acréscimo com certeza está próximo e virá!
APÓS A PROVAÇÃO CONQUISTAMOS O REINÍCIO DA CONSTRUÇÃO DE NOVOS VINCULOS! …Então vieram a ele todos os seus irmãos, e todas as suas irmãs, e todos quantos dantes o conheceram, e comeram com ele pão em sua casa, e se condoeram dele, e o consolaram acerca de todo o mal que o SENHOR lhe havia enviado; e cada um deles lhe deu uma peça de dinheiro, e um pendente de ouro. ... Também teve sete filhos e três filhas.E chamou o nome da primeira Jemima, e o nome da segunda Quezia, e o nome da terceira Quéren-Hapuque.E em toda a terra não se acharam mulheres tão formosas como as filhas de Jó; e seu pai lhes deu herança entre seus irmãos.
Ninguém conhece e sabe mais das provações do que aquele que por ela passa!
Existem provações que promovem um parente total abandono! Jó antes da provação comprava amizades, esse era o nível e a esfera de suas relações, pois, possuidor de bens e de status, as aproximações de amizade e vínculos eram em sua maioria interesseiras, sem que ele mesmo percebesse!
A “provação” nos torna melhores conhecedores dos outros e destila o melhor que podemos produzir em relação aos nossos vínculos parentais e de amizades que por sua vez passam a ser conquistas.
Jó saboreia um novo tempo de construção de novos vínculos, que agora não mais frutos de interesses, mas de verdadeiros relacionamentos que culminam numa nova família cheia da Graça de Deus!
APÓS A PROVAÇÃO SOMOS ENERGIZADOS PARA O REINÍCIO DE UMA VIDA LONGA E PROSPERA NA FACE DA TERRA! Então morreu Jó, velho e farto de dias.
Dizem que Jó sofreu entre nove meses a um   ano de prova!
 A transitoriedade da provação de Jó foi transformada em tempo necessário para energizar posteriormente  cento e quarenta anos de desfrute na vida!
Feliz é quem faz da provação temporal, como fez Jó, energia vitalícia!
Aleluia!

BONANI




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

“ATITUDES INDISPENSÁVEIS EM RELAÇÃO AO GENUÍNO EVANGELHO!” (1a parte)

RELIGIÕES DO LIVRO E A INCOERÊNCIA DA LITERALIDADE!"