REVERBERAÇÃO DIVINA: ….só para quem pode entender o Espírito da Profecia!



Uma coisa disse Deus, duas vezes a ouvi: que o poder pertence a Deus. (Sl.62:11).

Nessa declaração se instala confiança, certeza, dependência e convicção!

Essa é nossa pública declaração inamovível de fé e prática  e a plena segurança  da inerrância dos desígnios  e  poder de Deus, principalmente em relação aos seus escolhidos!

Confiar em toda palavra que é proferida pelo Senhor, é descansar em seu plano, projecto e propósito.

Não se diz que é do Senhor os pensamentos elevados acerca dos seus? Não é essa a proclamação profética e evangélica? …Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais. Então me invocareis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvirei. E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração. Jeremias 29:11-13

Uma única voz divina reverberada duas vezes na alma não necessita mais do crivo de nenhuma outra confirmação, seja ela vinda do profeta, do irmão espiritual, do ministério apostólico ou de algum outro sentimento de foro místico ou mesmo carismático. Infelizmente; …é justamente  nessa  questão que muitos vivem na corda bamba da insegurança e da mediocridade  em relação ao real poder de Deus!

Se foi Deus que falou, então, a asserção a anunciação e a denunciação ficam herméticas na reverberação auditiva e silenciosa da alma, que tão somente se posicionará na espera da concretização que certamente ocorrerá!
Aí está a diferença entre os que buscam  a maturidade e os que insistem em continuar no jardim de infância da fé!

Escrito só para quem pode entender o Espírito da Profecia!

BONANI

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

“ATITUDES INDISPENSÁVEIS EM RELAÇÃO AO GENUÍNO EVANGELHO!” (1a parte)

RELIGIÕES DO LIVRO E A INCOERÊNCIA DA LITERALIDADE!"