“SINISTRALIDADE DA ALMA”. Difícil é simplificar as nossas próprias complexidades!


 
 

SENHOR Deus da minha salvação, diante de ti tenho clamado de dia e de noite.

Chegue a minha oração perante a tua face, inclina os teus ouvidos ao meu clamor;

Porque a minha alma está cheia de angústia, e a minha vida se aproxima da sepultura.

Estou contado com aqueles que descem ao abismo; estou como homem sem forças,

Livre entre os mortos, como os feridos de morte que jazem na sepultura, dos quais te não lembras mais, e estão cortados da tua mão.

Puseste-me no abismo mais profundo, em trevas e nas profundezas.

Sobre mim pesa o teu furor; tu me afligiste com todas as tuas ondas. (Selá.)

Alongaste de mim os meus conhecidos, puseste-me em extrema abominação para com eles. Estou fechado, e não posso sair.

A minha vista desmaia por causa da aflição. SENHOR, tenho clamado a ti todo o dia, tenho estendido para ti as minhas mãos.

Mostrarás, tu, maravilhas aos mortos, ou os mortos se levantarão e te louvarão? (Selá.)

Será anunciada a tua benignidade na sepultura, ou a tua fidelidade na perdição?

Saber-se-ão as tuas maravilhas nas trevas, e a tua justiça na terra do esquecimento?

Eu, porém, SENHOR, tenho clamado a ti, e de madrugada te esperará a minha oração.

SENHOR, porque rejeitas a minha alma? Por que escondes de mim a tua face?

Estou aflito, e prestes tenho estado a morrer desde a minha mocidade; enquanto sofro os teus terrores, estou perturbado.

A tua ardente indignação sobre mim vai passando; os teus terrores me têm retalhado.

Eles me rodeiam todo o dia como água; eles juntos me sitiam.

Desviaste para longe de mim amigos e companheiros, e os meus conhecidos estão em trevas.

                                         Salmos 88:1-18

Quem  lê o Salmos 88 na perspectiva da sinistralidade da alma, encontra um ser extremante angustiado e adoecido que começa seu clamor desesperado em um certo tom de intensidade, vai se expandindo, dilatando, tomando contornos assustadores e sinistros, finalizando numa espectativa catastrófica!

Se eu não colocar este Salmo em sua aplicabilidade alegórica na pessoa de Jesus e seu sofrimento redentor pelo mundo, sem dúvidas; …só posso encontrar nele produções hiperbolizadas da alma!

Uma alma adoecida, desconfigurada e não muito bem resolvida é especialista em hiperbolizar tudo!

A alma adoecida e desnorteada é capaz de prenunciar desgraças, presságio sinistros.Inspira receio. É assustada e assusta. É ameaçada e ameaça. Aterrorizada, temível, apavorante. Indica perversidade, malvadeza, crueldade, “intenções sinistras”.Causa o mal e´é perniciosa, perigosa, funesta.Trágica, calamitosa, fúnebre. Se dana toda e é causadora  de dano, prejuízo e finalmente, morte!

Não é de se admirar que o última palavra do Salmo termine em Trevas?!

 

Esse meu Blog  tem ajudado muitas vidas!

 Sei de muitas que preferem conservar o anonimato,entretanto, estão encontrando refrigério para a alma adoecida através de minhas postagens!

A “Ele”; só a “Ele” Glórias!

Alguém entrando em contato comigo, visto ter eu abordado assunto sobre “ A Sinistralidade da Alma”, levantou a seguinte questão, a qual na verdade, nas entrelinhas, era a “própia questão da sua alma!”

-bom dia pastor; ...como estou aqui no Brasil, me diz uma coisa... o que há de ser isso de poderes sinistros da alma?.

Respondi:

-Vou começar dizendo que:

-…"alma" não possui geografia. Seja no Brasil ou em Portugal a constituição, dimensionalidade e essencialidade dela é a mesma! Acontece que aqui em Portugal o nível de doenças da alma é muito mais evidente, visto  o  europeu assumir com maior facilidade essas sinistralidades!

Isso não significa que não seja tão acentuada no Brasil. É que nós brasileiros levamos com mais otimismo o assunto, ou, na verdade; …sabemos moqueá-lo melhor, emburrando-o para frente sem perceber que um dia a bola de neve vira uma montanha de gelo imparável.

Continuei respondendo a questão, como descrevi no texto acima:

 -Acontecimentos "sinistros" na alma eu defino como  aquilo  que prenuncia desgraças. Que inspira receio. Assustador, ameaçador, aterrador, temível, apavorante. Que indica perversidade; malvadeza crueldade, perversidade, ou mesmo, intenções sinistras. Etc; etc…

Continuei:

-Me responda: Por acaso a alma não produz tudo isso, ou de certa forma não é refém de algum item que descrevi acima?

-Sim, o é!

Respondeu a pessoa em causa!

-Não tenho dúvidas!Acordei  hoje com o intento de transformar as tristezas  em alegrias. Confesso que algumas coisas na alma ainda me assombram, mas Deus há de mo dar motivos a sorrir, mais que a chorar.

Continuou ela…

-A menina que o senhor conheceu há alguns (12 anos) cresceu e conseguiu o favor de acumular cicatrizes... na alma... e hoje a vida dela está meio bagunçada.. o conhecimento se tornou mais denso, mas a vida mais aprisionada... e tudo que eu quero é ser livre!....

Respondi-lhe:

-Relaxe minha querida irmã. A alma tem a capacidade de hiperbolizar os acontecimentos, eventos ou demandas da vida! Quem lê o Salmos 88 vê alguém que se diz conhecedor do Senhor de Israel, entretanto está “sinistrando e boicotando  na   própria alma” ao ponto de  que a fazer tão sinistra que “hiperbolizadamente”  insolúvel!

Leia-o nessa ótica e veja se não é verdade o que te digo! Difícil é simplificar as nossas próprias complexidades!

Ela respondeu:

-rsrsrrsrsrrs nem fale! Farei uma leitura orante desse Salmo por estes dias.. ou por quanto tempo Deus tiver coisas a me dizer...até que minha alma volte a dançar frevo!  .

Respondi-lhe:

-Deus não tem nada a te dizer. Ele te diz! É você que precisa ouvir a “voz pontual  Dele” no “seu agora hoje” . É à partir desse ponto  que deves ouvir e começar novos pavimentos para a vida!

-Deixe o pretérito, não se adoeça pelo futuro, viva sóbria e intensamente o presente em Deus e a coisa está simplificada!...

…Aguardei no  chat  a sua resposta. Confesso que aguardei por alguns minutos com “ansiedade de alma!” rs,rs,rs,..

Passados alguns minutos ela retorna com esse texto que saiu da sua “alma bem mais leve…!”:

-Senti então a Sua Mão tocando de leve meus cabelos e os afastando para que pudesse me olhar profundamente os olhos castanhos. Seu sorriso a se abrir e me dizer que estava ali por todo o tempo. Ele sempre soube onde me encontrar, por mais que eu estivesse a fugir. Sempre soube... "Ouça Sua voz pontual em seu coração e à partir disse ponto comece a construir novos pavimentos para a vida"

 Não é preciso caminhar.

"Precisar" rememora abertura para fracassar, como que um pretexto para desistir, é "imprescindível", é "indispensável" que se caminhe.

Aprisionar-se é opcional. Perder-se é natural. Permitir-se recomeçar e reconstruir é divino.

 

-Pr. Bonani;

… obrigada por ser instrumento de Deus em minha vida nesta singela e ensolarada manhã baiana.

 

BONANI

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

“ATITUDES INDISPENSÁVEIS EM RELAÇÃO AO GENUÍNO EVANGELHO!” (1a parte)

"A Igreja Fábrica de Gente e Suas Peças de Produção"