“MINHA HOMENAGEM AO MATTHEW E A TODOS OS FILHOS DE PASTORES!”


 


“MINHA HOMENAGEM AO MATTHEW E A  TODOS OS FILHOS DE PASTORES!”

Outro dia em uma reunião com pastores que tinha como objetivo  o desenvolvimento de uma aliança mais próxima entre ministérios, eu declarei que uma das prioridades que deveríamos desenvolver entre nós, não era o acúmulo de atividades eclesiásticas, programas e outras demandas que estivessem como ordem prioritária àquela que nos trouxesse em primeiro plano o cuidado com nossas vidas, almas;  …nós mesmos!

Disse mais: … “Pastor esconde muitas coisas!”

Sim!...

 A função pastoral, principalmente na cultura evangélica, é um encargo que  exige a produção venenosa de uma alma com a pseudo-entidade-divina.

Tem que se apresentar para os congregados como a  vitrine  da perfeição, bons costumes, família perfeita, moral ilibada, da santidade irretocável e de filhos irrepreensíveis!

Aliás; na cultura evangélica, filho  de pastor não tem nome, são criados com o estigma: é o  filho do pastor!

Hoje deparei-me com a notícia do suicídio do filho de um famosíssimo  e  internacionalmente  conhecido  pastor norte-americano. Pude perceber que a questão que expus acima vem consolidar mais ainda a minha convicção de que é possível  e   detectável  a produção de relações adoecidas quando se dá enfase a certas posturas relacionais do ministério pastoral e sua atuação  junto ao seu púbico alvo, os congegados como  também dos outros simpatizantes por esse mundo afora  quando se trata de ministros famosos como é o caso desse “homem-pastor” que por muitos anos suportou o impossível de ser a vitrine de “UMA VIDA OU UMA IGREJA COM PROPÓSITO”, entretanto; …escondia dilemas da vida familiar os quais culminaram, infelizmente, na perda de seu filho num trágico evento existencial!

A todos os filhos de pastores que carregam em sua existência o direto de serem eles mesmo e que possuem nome.
...Um detalhe:
 ...a maioria, ou mesmo, todas as notícias as quais eu puder ler e observar, sobre esse trágico evento tinham como título: “O Filho do famoso pastor tal se suicidou!"

Então eu vou revelar:
O nome do filho desse mega-pastor era Matew e tinha apenas 27 anos!

Que Deus abrace o coração, não do pastor, mas do  pai!

BONANI

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

“ATITUDES INDISPENSÁVEIS EM RELAÇÃO AO GENUÍNO EVANGELHO!” (1a parte)

RELIGIÕES DO LIVRO E A INCOERÊNCIA DA LITERALIDADE!"