O MISTÉRIO DA MATÉRIA NEGRA



Lí algo do Dr. Skip Moen e sintetizo aquilo que entendi!
A exposição do assunto é deveras interessante  e traz novas luzes sobre a complexidade daquilo que conhecemos como criação de Deus.
Vale a pena ler o que se segue!
Algo estranho ocorre na cosmologia moderna. Os cientistas insistem que 96% da matéria do Universo é invisível e que só se pode detectar mediante a sua influência gravitacional na matéria visível comum.
O que é esta misteriosa "matéria negra" ou "energia escura"? Ainda que abundem todo o tipo de teorias, Denos Kazanis, autor de A Regeneração da Ciência e da Espiritualidade, crê que os cientistas podem ter tropeçado em corpos sutis de energia sobre os quais os místicos discutem há milénios:
"A nossa capacidade de ver, tocar, cheirar e escutar o mundo deve-se apenas às cargas eléctricas dos átomos. E como os objectos interagem a nível atómico por meio de forças eléctricas, então os objectos podem literalmente passar através do outro... O que me intriga é a matéria negra que, sendo invisível e incapaz de produzir luz ou outro tipo de onda electromagnética, não está composta de carga eléctrica.”
Isto é o que diz a invisibilidade - não tem nenhuma carga. A sua presença determina-se pela sua gravidade, de enorme quantidade, ainda que o próprio material seja invisível. Foi então que me ocorreu que os místicos falavam dos corpos sutís interpenetrando os nossos corpos visíveis, a única maneira em que isto é possível seria se estes corpos se compusessem de algo mais do que matéria carregada. Qualquer material negra encaixaria muito bem nesta categoria."
Supõe-se  que haja uma conexão entre aquilo que não se pode ver mas que afecta tudo o que existe - e que o que não se pode ouvir declara a Deus que o criou! Salmos 19
 Não me surpreenderia. Há medida que vemos com mais profundidade a física do Cosmos, mais estranho este se mostra. Mas isso também não me surpreende.
Deus faz as coisas de formas que nunca imaginaríamos. De fato, as nossas palavras falham ao tentarmos elucidar a sua simplicidade complexa. Talvez devamos ser como o Salmista e apenas devamos observar!
A frase hebraica é hashamayim mesaprim (os céus proclamam). Mas o verbo sofer  significa muito mais que verbalizar. De facto, este verbo utiliza-se para descrever, tomar um censo, enumerar objetos, relatar informação importante, contar os passos do caminho da vida e comunicar sonhos.
Pensemos por um momento nos aspectos visíveis mas mudos destas acões. Todos os rostos de milhões de pessoas. A intensidade e animação do mensageiro. A paixão que acompanha a intervenção e guia de Deus na vida. O mistério dos sonhos. Envolve tudo isto e talvez comeces a ver a "matéria negra" de Deus; a gravidade da grandeza que rodeia tudo o que existe. Maravilhosamente invisível.
Os céus proclamam numa forma que não podemos expressar - mas que certamente sabemos que existe!

BONANI

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

“ATITUDES INDISPENSÁVEIS EM RELAÇÃO AO GENUÍNO EVANGELHO!” (1a parte)

RELIGIÕES DO LIVRO E A INCOERÊNCIA DA LITERALIDADE!"