TERRENO CORAÇÃO. PALAVRA ARADO E CONVERSÃO; …TODO DIA; ...TODO DIA…;…TODO DIA...



E Jesus lhe disse: Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus. Lucas 9:62

Alguém com precisão e realidade consciente sobre o dia a dia do andar com Deus declarou: “A conversão não é um processo suave e fácil como algumas pessoas imaginam; se assim fosse, o coração do homem jamais teria sido comparado a um solo não cultivado, e a Palavra de Deus, a um arado!”
Pego-me a cada dia,  na geografia da minha alma clamando por “conversão!”
 Hoje  mesmo,  antes de escrever esse artigo, clamei por ela!
Mas você poderá dizer:
_transmudaste quando Jesus entrou em sua vida?
Respondo:
_Quando “Ele” maravilhosamente entrou, deu-se início  um “processo constante” de “contante conversão!”
É esse doce processo do sentir a penetração do arado, sulcando o “terreno alma” ,e,  ao mesmo tempo, sentir o cheiro da terra, que vai expondo  e se  dispondo ao cultivo para novas sementes da Graça,  que vai me dando “consciência abominável”  e "capacidade seletiva" de dispensar os  clichês  de cunho triunfalista, que não consideram que,  triunfar é  uma  conversão que acontece toda hora! 
O arado abomina  slogans , declarações e frases de efeito  que não tem como consciência, a penetração diária  e produtora de dor da Palavra no terreno da alma,  obrigando prazerosamente a uma conversão diária!
O arado do evangelho abomina  as atitudes coreografadas das mãos levantadas  e  coordenadas em belos gestos coletivos e coreografados dos shows e eventos  que primeiro não tragam a marca dos “calos” produzidos pelo “uso constante” do  “manelo do arado”, convidando e propondo a cada dia, uma nova disposição "convergente-contínua", sem nem sequer  o simples pensar  " o olhar para trás!”
Satisfaço-me em saber sou amorosamente constrangido a não olhar para trás, pois sei;  ...no processo contínuo e diário da conversão, nas linhas das conquistas que atrás ficam, ficam configurados ciclos conquistados , entretanto, estimulam-me a cada instante a um  continuo  caminhar com o arado para a frente, pois, a proposta do evangelho é que a cada passo, o arado produza um nova conversão em minha existência!

BONANI

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O QUE REALMENTE QUER DIZER O PREGADOR SOBRE ECLESIASTES 9:8?

“ATITUDES INDISPENSÁVEIS EM RELAÇÃO AO GENUÍNO EVANGELHO!” (1a parte)

"A Igreja Fábrica de Gente e Suas Peças de Produção"